Polícia

Polícia prende um e faz buscas por outros três suspeitos de esquartejar mulher em Delmiro

TNH1 | 16/04/21 - 10h27 - Atualizado em 16/04/21 - 11h41
Arquivo Pessoal

A polícia prendeu um dos suspeitos de torturar e esquartejar Maria Flávia Campos, de 42 anos, no município de Delmiro Gouveia, na última Sexta-feira da Paixão. A prisão aconteceu no bairro de Eldorado, na mesma cidade, e foi comunicada nesta sexta, 16, pelo delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti.

A polícia informou que o suspeito negou participação nas agressões contra a vítima e disse que apenas presenciou o assassinato. Segundo Rocha Cavalcanti, ele confessou em depoimento que facas e espetos foram utilizados contra a mulher. 

"Ele contou o passo a passo do crime, como foi que aconteceu a conduta criminosa, desde a motivação, que foi o roubo de um celular, até a condução da vítima até uma residência, onde ela foi torturada, esquartejada e depois desovada em cova rasa".

"Vamos pedir a prisão preventiva dele, apesar de ele negar e dizer que apenas presenciou o fato. A polícia está em busca dos outros três suspeitos", continuou o delegado.

Maria Flávia Campos, conhecida como "Babalu", foi encontrada morta no dia 4 de abril, dois depois de desaparecer em Delmiro Gouveia. O corpo dela foi esquartejado e deixado em terreno baldio por trás de uma creche do conjunto habitacional Sônia Coco. 

Na ocasião, populares passaram para a polícia que a vítima havia sido sequestrada por dois homens e que teria furtado o celular de um deles.