Polícia

Policial reage a tentativa de assalto a ônibus e mata suspeito em Joaquim Gomes

Erik Maia | 24/07/19 - 10h32 - Atualizado em 24/07/19 - 10h33
Após o assalto o motorista conduziu o ônibus para a Delegacia Regional de Novo Lino, onde registrou o crime. | Reprodução Google Maps

Uma reação de um policial militar durante uma possível tentativa de assalto a um ônibus interestadual, que seguia de Maceió para Recife, resultou na morte de um suspeito, na madrugada desta quarta-feira (24), próximo a uma tribo da etinia Wassu-Cocal, na zona rural de Joaquim Gomes, na Zona da Mata de Alagoas. Outro suspeito de participação no assalto pode ter sido baleado.

De acordo com o capitão Rocha, oficial da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar, o passageiro do ônibus estava armado e reagiu ao assalto. A PRF confirmou que o passageiro é um militar, mas ele não foi identificado.

“Esse passageiro estava armado e, no momento em que os dois suspeitos tentavam entrar no ônibus, efetuou alguns disparos. O motorista seguiu viagem para a delegacia de Novo Lino, onde registrou o crime. Um dos assaltantes foi atingido com dois disparos no rosto e morreu. O detalhe é que essa não foi a primeira vez em que isso ocorreu com esse mesmo ônibus e esse mesmo motorista”, disse o militar.

O capitão disse ainda que a polícia acredita que o outro suspeito do crime foi baleado. “Nós já mantivemos contato com algumas unidades de saúde da região para nos informar sobre a entrada de qualquer paciente com ferimentos causados por arma de fogo”, explicou.

A reportagem tentou contato com o delegado regional Antônio Nunes, que estava de plantão, para saber mais detalhes da ocorrência, mas ele não atendeu nossas ligações.