Alagoas

PRF prende três pessoas durante fiscalizações na BR 101

Ascom PRF | 09/06/21 - 09h51 - Atualizado em 09/06/21 - 09h56
Ascom PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Alagoas prendeu três pessoas nesta terça-feira (08). Entre as ocorrências estão: dirigir sem habilitação, porte de droga para consumo e receptação. Todos os casos foram registrados durante fiscalizações na BR 101. 

A primeira ocorrência se deu por volta das 13 horas, quando a equipe abordou uma motoneta Honda Biz, no km 138, em São Miguel dos Campos. A motociclista transportava uma criança pequena sem a utilização do capacete de segurança. Ao realizar a averiguação dos documentos pessoais e veicular, os policiais identificaram que a condutora não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Quando questionada, a mulher disse que estava levando a filha na casa dos avós bem próximo.  Diante dos fatos foi lavrado um Termo Circunstaciado de Ocorrência (TCO) por dirigir veículo automotor sem a devida permissão, gerando perigo de dano. 

Outro caso aconteceu às 14h30. A equipe realizava fiscalização no km 205, em São Sebastião/AL, quando abordou um caminhão Ford Cargo, de cor prata. Durante os procedimentos de vistoria no interior do caminhão foi encontrada uma cartela com 13 comprimidos de Nobésio. As drogas anfetaminas são geralmente utilizadas por alguns caminhoneiros para proporcionar a inibição de sono, reduzindo o tempo da viagem. Desta forma, as chances de ocorrer um acidente de trânsito fatal aumentam. Ao ser perguntado, motorista confirmou a posse e alegou que fez uso da substância há dois dias. Diante das informações, foi lavrado um TCO pelo crime de porte de droga para consumo. O homem deve comparecer em juízo quando solicitado. 

A última ocorrência foi registrada por volta das 16 horas, no km 77, em Rio Largo. Os agentes abordaram uma motocicleta Honda Cg, de cor preta. Durante a fiscalização foi constatado que número do chassi e do motor estavam adulterados.  O homem foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de roubos e furtos de veículos em Maceió/AL. Ele vai responder pelo crime de receptação.