Alagoas

Projeto que torna lei o uso de máscara em Alagoas foi enviado à ALE, diz governador

Eberth Lins | 07/08/20 - 11h28 - Atualizado em 07/08/20 - 11h29
Foto: Itawi Albuquerque / TNH1

O uso de máscaras tem sido constantemente reforçado por especialistas em saúde pública e apontado, junto com o distanciamento social, como, até então, única opção de 'vacina' para se proteger do novo coronavírus.

Passados mais de quatro meses de pandemia e, após Alagoas registrar  65.093 casos de Covid-19 e 1.643 mortes, o uso de máscara deve se tornar obrigatório no estado nos próximos dias.

O anúncio foi feito pelo governador Renan Filho (MDB) em resposta a um internauta no Instagram.  De acordo com o governador, o projeto para tornar o uso obrigatório foi enviado nessa quinta-feira (06) à Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), onde deve ser votado pelos deputados.

Foto: Reprodução / Instagram 

 "Hoje enviei projeto à ALE para que tenhamos um marco legal que permita multar pessoas que não cumprem com seus deveres. Há direitos e há deveres, para vencermos essa pandemia todos temos que colaborar", informou Renan Filho na publicação. 

Detalhes como o valor da multa para quem for pego sem a máscara e a previsão para aprovação do projeto, no entanto, ainda não foram informados.

Embora anunciado há mais de uma semana pelo governador em entrevista coletiva, o blog do jornalista Ricardo Mota trouxe, nessa quinta-feira, que o projeto ainda não tinha sido enviado à ALE.