Alagoas

Protestos fecham vias em Alagoas contra reforma da Previdência

TNH1 | 14/06/19 - 07h16 - Atualizado em 14/06/19 - 14h22
Reprodução / Redes Sociais

Protestos em ruas e avenidas de Maceió e em rodovias no interior de Alagoas impedem a circulação de veículos, nesta sexta-feira (14), por conta da greve geral dos trabalhadores contra a reforma da Previdência, que tramita na Câmara dos Deputados. Em Bebedouro, integrantes do Sindicato dos Trabalhadores na Educação (Sinteal) fecharam a Avenida Major Cícero de Góes Monteiro, em frente à Praça Lucena Maranhão, até por volta das 8h, quando foi negociada a liberação com a Polícia Militar.

Veja os pontos de protetos e onde está liberado:

- Durval de Góes Monteiro, em frente ao Makro (liberada)

- Bebedouro (liberado)

- Em frente à Ufal (liberado)

- Avenida Cachoeira do Meirim, no Benedito Bentes (liberada)

- Jacarecica/Guaxuma, na AL-101 Norte (liberada)

- BR-424, em Pilar (liberada)

- Ponte Divaldo Suruagy (liberada)

- Entrada do Porto de Maceió (liberada)

- BR-316, saída de Satuba (liberada)

- AL-115 em Arapiraca, em direção a Palmeira dos Índios (liberada)

- Centro de Arapiraca (houve caminhada nas ruas, sem bloqueio de vias)

- BR-104 em União dos Palmares (liberada)

- BR-101, em Junqueiro (liberada)

 

Em Alagoas, além de Maceió, terão manifestações contrárias às mudanças na Previdência nas cidades de Arapiraca e Palmeira dos Índios.

Veja imagens do protesto na Ponte Divaldo Suruagy, no início da manhã:

E do protesto em Bebedouro:

Por todo o país, categorias de diversos profissionais paralisaram as atividades.

Veja em tempo real como está o trânsito em Maceió: