Alagoas

Reabertura de shoppings: veja setores das próximas fases do Distanciamento Social Controlado em Alagoas

Ana Carla Vieira | 07/07/20 - 07h47 - Atualizado em 07/07/20 - 08h09
Itawi Albuquerque/TNH1

Na última sexta-feira (03) houve a autorização da reabertura de parte do comércio, salões de beleza, barbearias, templos religiosos e também da liberação da orla na capital alagoana.

Barreiras sanitárias foram instaladas nas entradas do Centro de Maceió, para fiscalizar o uso obrigatório de máscaras e aferir a temperatura de quem chega ao local.

Esta é a fase laranja, amplamente divulgada e discutida antes de ser, de fato, implantada. De acordo com a Matriz de Risco, desenvolvida pelo Governo do Estado, o avanço para as fases seguintes (amarela, azul e verde) vai depender diretamente da evolução ou involução de três eixos estratégicos:  utilização da capacidade hospitalar instalada, evolução epidemiológica e taxa de evolução da Covid-19.

Os números desses indicadores serão analisados semanalmente, tomando como recorte as semanas epidemiológicas, e determinarão se o estado poderá evoluir ou involuir dentro da escala de Distanciamento Social Controlado.

Na fase laranja ainda recomenda-se o deslocamento apenas em situações indispensáveis. Caso precise sair de casa, o cidadão deve respeitar o distanciamento social de, pelo menos, 2 metros de distância, assim como evitar abraços e aglomerações.

Relembre os serviços e os setores que estão nas próximas fases do Distanciamento Social Controlado em Alagoas: 

Fase Amarela

- Lojas ou estabelecimentos de rua acima de 400 m² (quatrocentos metros quadrados)
- Shoppings centers, galerias, centros comerciais e estabelecimentos congêneres;
- Templos, igrejas e demais instituições religiosas, funcionando com 50% (cinquenta por cento) de sua capacidade;
- Bares e restaurantes, funcionando com 50% (cinquenta por cento) de sua capacidade;
- Transporte Intermunicipal e Turístico, funcionando com 50% (cinquenta por cento) de sua capacidade.

Fase Azul:

- Cinemas, teatro e museu, funcionando com 33% (trinta e três por cento) de sua capacidade;
- Academias, clubes e centro de ginástica, funcionando com 50% (cinquenta por cento) de sua capacidade;
- Bares e restaurantes, funcionando com 75% (setenta e cinco por cento) de sua capacidade;
- Templos, igrejas e demais instituições religiosas, funcionando com 75% (setenta e cinco por cento) de sua capacidade;
- Transporte Intermunicipal e Turístico, funcionando com 75% (setenta e cinco por cento) de sua capacidade.

Fase Verde:

- Aulas presenciais na rede pública e privada de ensino;
- Serviço público do Poder Executivo Estadual de forma presencial;
- Cinemas, teatro, museu e eventos sociais.