Gente Famosa

Salão de beleza de Blumenau ganha mais de 35 mil seguidores após desabafo e tweet de Whindersson

NSC Total | 28/07/20 - 16h44 - Atualizado em 28/07/20 - 17h00
Reprodução de Arquivo Pessoal e Instagram

Uma postagem despretensiosa feita no Twitter se transformou em milhares de seguidores, repercussão, participação do famoso youtuber Whindersson Nunes e em um novo gás para uma pequena empreendedora de Blumenau. Tudo começou quando Mayara Birkner, 18 anos, resolveu tomar uma atitude e publicou um texto na rede social:

“Minha mãe abriu um salão e a cada semana é um desânimo diferente. Agora ela tá quase desistindo porque quase ninguém tá participando do sorteio. Nem as amigas apoiam o trabalho dela”.

O post foi feito em tom de desabafo, já que ela via a mãe, Fabiana Cristina Corrêa Campos, desanimada com o futuro do pequeno empreendimento — e já pensando, até, em fechar as portas. Para tentar alavancar mais clientes, o local havia começado um sorteio pelo Instagram. Só que teve um problema: poucas pessoas estavam participando.

— Eu não queria que ela desistisse — relata Mayara.

E aí que a história ganha contornos surpreendentes. Isso porque a postagem feita no dia 23 deste mês foi compartilhada pelo (quase blumenauense, né?) youtuber Whindersson Nunes — ou seja, para um público de nada mais, nada menos, que 16,9 milhões de pessoas. Uma explosão. O Instagram do salão passou de algumas centenas, para 35 mil seguidores e ficou repleto de comentários positivos. O tweet de Mayara? Chegou nesta terça-feira (28) a 36,7 mil retweets e 132,6 mil curtidas.

“Sou de Salvador, não tenho como participar do sorteio, mas arrasa aí”; “não posso participar do sorteio, sou do interior, mas não desista nunca”; “sou de São Paulo, mas quero desejar prosperidade para o seu negócio”; “sou do Rio Grande do Norte, e tô passando aqui para te desejar sucesso. Deus está te honrando”; e “vai dar tudo certo, não desanima, não”, foram alguns dos mais de 15 mil comentários na postagem.

Tudo isso foi suficiente para motivar Fabiana. Então desanimada com o destino do próprio negócio — por conta, também, da crise do novo coronavírus —, ela viu na repercussão das redes sociais um empurrão para seguir com o sonho:

— Falei para ela: “o que tu fez, Mayara?” — questionou Fabiana após ver a quantidade de gente mandando mensagens e a apoiando.

— O salão é minha vida, é o que eu gosto de fazer. Meu maior sonho sempre foi ter um negócio próprio, mas sempre senti que ninguém me via, sabe? — finaliza a empresária.

Agora veem.