Alagoas

Segurança ganha reforço de 122 novos bombeiros militares

Agência Alagoas | 10/05/19 - 15h01 - Atualizado em 10/05/19 - 15h19

Após quase 10 meses no Curso de Formação de Praças (CFP) do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), 122 novos soldados vão reforçar a partir de agora a Segurança Pública, prestando serviço à população alagoana. A solenidade de formatura foi realizada na manhã desta sexta-feira (10), no ginásio do Sesi, no bairro do Trapiche da Barra.

Presente na solenidade, o secretário da Segurança Pública, Lima Júnior, parabenizou os formandos e destacou a importância do trabalho desenvolvido pelo CBMAL. “Meu muito obrigado não só como cidadão alagoano, mas como secretário de Segurança, por participar de um momento tão importante como esse para Alagoas. A missão do bombeiro militar é uma das mais nobres que nós podemos desempenhar, enquanto ser humano, porque é uma missão que tem como princípio único salvar vidas”, disse.

Os militares foram aprovados no último concurso realizado em 2017, que contou com 150 vagas destinadas ao Corpo de Bombeiros, sendo dez para oficiais e 140 para soldados. Durante o curso eles receberam instruções teóricas e práticas para atuar na rotina de bombeiro militar protegendo vidas, por meio de ações como busca e salvamento, combate a incêndios e atendimento pré-hospitalar. Além das atividades de proteção a vida, os militares buscam também a preservação de bens e do meio ambiente.

Veja imagens:

(Agência Alagoas)

Ainda segundo o secretário, o Corpo de Bombeiros tem contribuído para o fortalecimento da Segurança e, consequentemente, para a redução da violência no estado. “Estamos no décimo mês consecutivo de redução de violência e o Corpo de Bombeiros tem nos ajudado muito porque, além da sua missão, tem uma participação importante em programas de combate à violência, como o Ronda no Bairro, e tem nos fortalecido, através do Grupamento Aéreo, no combate ao crime em nosso estado”, afirmou.

O soldado Felippe Matheus foi um dos bombeiros formados nesta sexta-feira. Oriundo de Ribeira do Pombal, na Bahia, mas filho de alagoano, o militar não escondeu a felicidade e satisfação pela conclusão do curso.

“Foi um momento muito esperado, foram dez meses de muita luta e muita dedicação. Abdicamos de muita coisa e ficamos longe da família. Antes, nossa responsabilidade era limitada, como alunos, e agora nosso dever e compromisso com a sociedade dobrou. Mas eu tenho certeza que esses 122 alunos aqui estão preparados para servir e salvar a população alagoana”, disse.

Muitos familiares participaram desse momento tão especial na vida desses novos bombeiros. Felippe Matheus estava acompanhado de suas três irmãs, do afilhado de apenas três anos e da sua mãe, Dona Zita, que estava orgulhosa e agradeceu o “presente” antecipado do Dia das Mães.

“Como mãe me sinto orgulhosa e desejo a todas as mães do mundo a felicidade que sinto hoje. Você ter um filho e vê-lo trabalhar defendendo a vida do ser humano, se dedicar no amor ao próximo, a gente só deve agradecer a Deus. Foi realmente um presente que meu filho me deu hoje”, comemorou.

Para Felippe Matheus, bom mesmo é saber que escolheu uma profissão respeitada e admirada por todos. “Essa é uma das profissões mais bem vistas na sociedade. E, acima de tudo, a recompensa maior é ver nos olhos das crianças o orgulho que têm em olhar para gente, em saber que a gente é bombeiro e que está ali para salvar vidas”, concluiu o militar recém-formado.