Alagoas

Shoppings, Centro, supermercados: veja o que abre e fecha neste feriado de 16 de Setembro

Ascom Fecomércio | 15/09/20 - 15h11 - Atualizado em 15/09/20 - 15h20
Itawi Albuquerque / TNH1

Amanhã (16), aniversário de 203 anos da Emancipação Política de Alagoas, shoppings, Centro e supermercados estarão abertos, segundo informa a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL).

O Centro de Maceió funcionará em horário especial, das 8h às 14h, conforme anunciado pela Aliança Comercial.

Já os shoppings seguirão com o horário normal: no Maceió Shopping as lojas âncoras estarão abertas das 10h às 22h. Já as lojas satélites e estabelecimentos das praças de alimentação funcionarão das 12h às 21h. No Parque Shopping Maceió, lojas satélites, quiosques, praça de alimentação e lazer funcionarão das 12h às 21h; lojas âncoras e restaurantes das 12h às 22h. Na parte alta, o Shopping Pátio Maceió abrirá às 10h, mas será facultativo para algumas lojas. Porém, das 12h às 21h, todas as lojas do estabelecimento estarão abertas e, a partir das 21h até às 22h, volta a ser abertura facultativa.

Supermercados

Assim como os shoppings, os supermercados manterão o horário de atendimento. As lojas do Atacadão irão abrir no horário normal, das 7h às 22h. As unidades da Rede Palato funcionarão em horário habitual, com a unidade Farol abrindo das 7h à 0h; Ponta Verde, 24h; e Parque, das 7h às 22h. As lojas do Unicompra e BellaCompra também estarão à disposição do público no horário normal.

Interior

Os comércios estarão fechados em Palmeira dos Índios, União dos Palmares e Arapiraca, segundo informaram os respectivos Sindicatos do Comércio Varejista (Sindilojas), entidades filiadas à Fecomércio. As empresas dos comércios destes municípios que optarem pela abertura devem observar as normas legais.

A Federação reforça que, embora os números relacionados à doença venham caindo em Alagoas, é preciso manter o cuidado. Por isso, a orientação é que as empresas e os consumidores continuem observando as medidas de distanciamento social para o bem da saúde coletiva, como o uso obrigatório de máscara, medição da temperatura, higienização com álcool em gel 70% e respeito à distância mínima entre as pessoas, dentre outras medidas.