Alagoas

"Somos nós que perdemos a paz", diz mãe de motociclista morto em acidente em PE

TNH1 com TV Pajuçara | 25/08/20 - 08h01 - Atualizado em 25/08/20 - 08h53
Reprodução/TV Pajuçara

A mãe de Erick Rodrigo, uma das vítimas do grave acidente entre uma caminhonete e motocicletas no município de Água Preta, no interior pernambucano, afirmou que a irresponsabilidade de uma pessoa no trânsito tirou a paz de mais de uma família.

Em entrevista ao repórter Bruno Protasio, no programa Balanço Geral Alagoas, da TV Pajuçara, dona Maria José disse que é muito difícil para todos os parentes e amigos a perda de pessoas queridas e lamentou a liberdade provisória do motorista da caminhonete concedida após audiência de custódia.

"Não só eu, mas a mãe e os familiares da namorada dele também. Nós ficamos sem nossos filhos. É muito duro [...] Somos nós que perdemos a paz. Hoje você comete um crime e não dá em nada", afirmou.

Maria José contou também como era o comportamento do filho no dia a dia e revelou que ele ficava animado quando marcava encontros com o grupo de motociclistas. Para ela, Erick tinha prazer em conviver com as pessoas e viajar pelas cidades. 

"O Erik era um menino alegre, gostava muito da vida, religioso, trabalhava, tinha muitos amigos e teve o prazer de conhecer essa turma que sempre faz essas caminhadas de moto. Infelizmente nesse domingo, pela irresponsabilidade de um motorista que talvez não tenha consciência do perigo de tirar vida de pessoas, acabou com esse acidente trágico", disse.

Os corpos de Erick Rodrigo, 35 anos, e Monalisa, 22 anos, estão sendo velados por familiares e amigos nesta manhã, e vão ser sepultados ainda hoje em Maceió.

O caso

Três pessoas morreram e cinco ficaram feridas nesse domingo (23) após um acidente envolvendo um grupo de motociclistas e uma caminhonete Hilux SW4 na rodovia PE-96, no município de Água Preta, em Pernambuco. Os policiais que estiveram no local da colisão confirmaram que duas pessoas envolvidas eram de Maceió.

De acordo com o Portal PE10, o casal que residia em Maceió não resistiu aos ferimentos e morreu. Ele foi identificado como Erick Rodrigo, 35 anos, e Monalisa, 22 anos. Wedson Santos, que era morador de Recife, também morreu depois da batida. Todos eram motociclistas.

Um vídeo registrou o momento em que a caminhonete bateu de forma frontal em um grupo de motociclistas. O motorista da caminhonete foi identificado como Pedro Marconi de Souza Barros (PTC), vereador pela cidade de Brejo da Madre de Deus, no Agreste.

O grupo de motociclistas chama-se Esquadrão do Asfalto, e é formado por condutores de Recife e Maceió. Eles costumam sair em comboio fazendo passeios em estados da região. Nesse domingo, cerca de 30 deles seguiam para Maragogi, em Alagoas, para participar de uma ação solidária, quando foram surpreendidos pela caminhonete, que vinha no sentido contrário.

A pessoa que estava gravando o vídeo faz parte do grupo e mostrava os colegas trafegando pela pista, fazendo poses para a câmera, quando o acidente aconteceu. "Meu pai do céu, o que foi isso, hein?", diz ele, ao perceber a colisão. Em seguida, os motociclistas param para socorrer os amigos, e avisam sobre o acidente aos que já estavam mais na frente.