Polícia

SSP vai investigar denúncia de deputado sobre suposto estupro de sua namorada

08/08/18 - 18h18 - Atualizado em 08/08/18 - 19h19
Emanuella Vasconcelos é ex-mulher do prefeito de Maribondo | Reprodução

A Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP-AL) determinou que fosse instaurado um inquérito para apurar as denúncias feitas pelo deputado estadual Dudu Hollanda (PSD), que divulgou por meio de seu perfil em uma rede social que sua namorada, Meiry Emanuella de Oliveira Vasconcelos, havia sido sequestrada e violentada, no último fim de semana. 

Na postagem o parlamentar acusa o prefeito de Maribondo, Leopoldo Pedrosa (PRTB), de ser o responsável pelo suposto espancamento e estupro de sua atual companheira, que é ex-mulher do gestor. Hollanda também gravou um áudio que circulou nas redes sociais, no qual relata o fato e afirma ter entrado em contato com autoridades para pedir providências.

Na publicação, Dudu Hollanda afirmou que acionou a Polícia Civil e o Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE-AL) e relatou sobre o sequestro.

Segundo a assessoria da SSP-AL, o secretário Lima Junior não foi procurado pelo deputado Dudu Hollanda, mas tomou conhecimento das informações e entrou em contato com o delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, para que fosse instaurado o inquérito.