Polícia

Suspeito de estuprar e matar Beatriz, em Maravilha, já foi preso por latrocínio

Eberth Lins com TV Pajuçara | 07/08/20 - 12h31 - Atualizado em 07/08/20 - 13h22
Foto: Reprodução / Já é Notícia

A família da menina Ana Beatriz Rodrigues Rocha, de seis anos, vítima de estupro e morta no município de Maravilha, no Sertão de Alagoas, será ouvida na próxima semana. O corpo de Ana Beatriz foi encontrado nessa quinta-feira (06) dentro de um saco plástico, em cima do telhado da casa do homem apontado como suspeito pelo crime.

De acordo com o delegado Hugo Leonardo, que está conduzindo as investigações do caso, o suspeito já tem passagem na polícia pelo crime de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte, mas não deu detalhes do caso.

O caso gerou revolta na população da pequena cidade do sertão de Alagoas, e um grupo de moradores depredou a casa do suspeito, conhecido na cidade como “Santinho". numa tentativa de fazer justiça com as próprias mãos.

O suspeito já está preso, mas o delegado não informou para onde foi ele levado e limitou-se a dizer que “Santinho” está à disposição da justiça por motivos de segurança. Ele foi preso por militares do 7º Batalhão da Polícia Militar (7º BPM), que também evitaram um linchamento por parte da população.

Em depoimento ao delegado Hugo Leonardo, o suspeito disse não lembrar do ocorrido e que estava sob efeito de álcool e drogas.

"Santinho" foi autuado em flagrante pelos crimes de homicídio, estupro de vulnerável, sequestro e cárcere privado.