Brasil

Suspeitos de envolvimento em morte de policial morrem em troca de tiros na BA

Foram apreendidos duas pistolas, dois carregadores, um deles alongados, celulares, dinheiro, maconha, cocaína, crack e anotações referentes à venda de drogas.

Acorda Cidade | 11/04/19 - 09h20
Divulgação SSP/BA

Equipes da 19ª Delegacia Territorial (DT/Itaparica) impediram, no final da manhã desta quarta-feira (10), a fuga dos suspeitos de participação na morte do investigador Waldek Monteiro Batista, ocorrida na noite de ontem (10), em Vera Cruz. O trio tentou 'furar' o cerco montado e fugir, mas não conseguiu. Houve um confronto com os policiais, eles foram baleados e morreram. A informação é da Secretaria de Segurança Pública (SSP). 

Uma denúncia anônima alertou os policiais civis sobre a possível fuga e uma blitz foi montada na região de Jiribatuba, em Vera Cruz. Os criminosos estavam em um carro que faz transporte alternativo e quando perceberam a barreira determinaram a parada do veículo. Quando foi dada a voz de prisão o trio desceu atirando e acabou ferido.

Eles ainda foram socorridos, mas não resistiram aos ferimentos. Com os três foram encontradas duas pistolas, dois carregadores, um deles alongados, celulares, dinheiro, maconha, cocaína, crack e anotações referentes à venda de drogas.

Segundo a SSP, as investigações sobre a morte do policial foram iniciadas imediatamente após o fato. Os autores são apontados como traficantes da região, autores também de roubos. Testemunhas foram ouvidas e buscas realizadas durante toda a madrugada desta quarta. “Fizemos imagens dos criminosos e vítimas que estavam com o investigador Waldek fizeram o reconhecimento. Continuamos diligenciando”, informou o titular da 19ª DT, delegada Artur Guimarães.

Além das equipes de delegados e investigadores, guarnições territoriais e especializadas da PM também continuam na região em busca de outros comparsas do trio.