Futebol

Técnico Flávio Araújo se apresenta ao CSA e adianta: "Primordial manter o trabalho"

11/09/17 - 15h20 - Atualizado em 11/09/17 - 15h23
Caio Lorena / RCortez / Ascom CSA

A diretoria do CSA apresentou na manhã desta segunda-feira (11) o técnico Flávio Araújo e a nova comissão técnica, formada pelo auxiliar Hélio Pinheiro e o preparador físico Pedro Henrique. 

Na primeira entrevista como treinador do Azulão, Araújo destacou o trabalho realizado pelos dirigentes e afirmou que não vai fazer grandes mudanças em relação ao time que vinha atuando na primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro. 

"O primordial para a sequência desse trabalho é a comissão técnica fazer a manutenção desse trabalho. Não podemos de maneira nenhuma chegar e mudar tudo. Graças a Deus não tenho tendência a professor Pardal para inventar. O trabalho do Ney da Matta foi muito bem feito, o dos jogadores também. Vamos precisar manter. Lógico que uma coisa e outra tem que se mudar, mas 90% ou 95% têm que ser mantidos", declarou. 


Ouça o áudio completo com a entrevista coletiva de Flávio Araújo

Aos 54 anos, Flávio Araújo destacou que essa é a primeira vez em que vai comandar um time alagoano. 

"Oficialmente um contato não. Houve especulações. É a primeira vez que venho trabalhar em um clube de Alagoas. Um clube enorme, clube de muita paixão, com estrutura boa para se desenvolver um grande trabalho. Acreditamos sim que possamos fazer um grande trabalho. [...] A grandeza do clube, o grande momento em que passa o clube. Foram fatores importantes, fundamentais para que eu pudesse ter vindo", revelou. 

Flávio vai realizar o primeiro treinamento com o elenco marujo na tarde desta segunda. Classificado em segundo lugar do Grupo A, com 32 pontos, o Azulão vai encarar o Tombense nas quartas de final da Série C. A comissão técnica já adiantou que todas as atividades nesta reta final serão realizadas com portões fechados.

A Confederação Brasileira de Futebol deve divulgar ainda nesta segunda as datas do mata-mata. Por ter a melhor a campanha, o CSA será o mandante no jogo de volta. 

Veja outros trechos da apresentação de Flávio Araújo

"Rei dos acessos"

"Começou em 2009, quando subi o Icasa da Série C para a B. Em 2011, com o América-RN da Série C para a B. Em 2012, com o Sampaio Corrêa da Série D para a C. Em 2013, com o Sampaio da Série C para a B. Em 2015, com o Ríver-PI da Série D para a C".

Estilo de jogo

"Hoje no futebol moderno, uma equipe que consegue atingir as metas traçadas é aquela que desenvolve em campo um futebol competitivo. Hoje tem que marcar e jogar. A equipe do CSA está atuando dessa maneira. Os jogadores jogam com muito empenho na marcação, com qualidade na posse de bola. Manter esse trabalho e quem sabe buscar uma evolução".

Tombense

"Desde ontem estou vendo jogar. A diretoria providenciou, estou vendo o segundo ou terceiro jogo da equipe do Tombense. Perdeu um grande jogador, o artilheiro que trabalhou com a gente, o Max, não joga esse primeiro jogo, foi expulso. Mas é uma equipe muito forte dentro de casa. Se não estou enganado, são quatro vitórias e um empate dessa equipe dentro de casa [5 V e 4 E]. Vai ser um desafio para a gente. Mas estamos preparados para superar esse desafio".