Polícia

Traficante libertada após flagrante para cuidar de bebê volta a ser presa

27/01/17 - 09h25 - Atualizado em 27/01/17 - 10h02
Reprodução/TV Pajuçara

Um casal foi preso na noite dessa quinta-feira (26), no bairro de Cruz das Almas, depois de tentar fugir de uma guarnição policial em uma moto e "desovar" uma bolsa com cerca de meio quilo de maconha para tentar se livrar da prisão em flagrante.

Segundo informações dos militares da 3ª Companhia Independente, Carlos Eliwelton dos Santos Portela, de 22 anos, e Adriana Pinheiro Alves, 23, foram abordados após reagirem de maneira estranha ao se deparar com a viatura. Adriana já havia sido presa em setembro, também por tráfico e receptação de carga roubada.

Carlos vestia uma camisa de mototaxista e Adriana fingia ser uma passageira que o contratou para certo trajeto. Eles compraram a droga no Sítio São Jorge e seguiam em direção ao bairro vizinho, Jacarecica, quando encontraram os policiais. “Ele acelerou ao invés de parar quando pedimos”, explicou o militar. “E ela, quando percebeu que iria passar por revista, jogou a bolsa que estava levando para tentar se livrar do flagrante”, acrescentou.

Reincidente

Na ano passado, a jovem foi detida com Emerson Franzon Bueno, de 26 anos, pela Operação de Polícia Litorânea (Oplit), em uma casa alugada, na Grota do Arroz, em Cruz das Almas. Os dois foram soltos 24 horas após o flagrante, por decisão judicial.

Em contato com o TNH1, por telefone, o juiz plantonista Marcelo Tadeu explicou, à época dos fatos, que o casal foi liberado porque, “dentro do contexto e do que prevê a lei”, possuíam domicílio e trabalho legais, além de um filho recém-nascido “que necessitava ainda do amparo da mãe”.

Na casa onde foi registrado o flagrante, a polícia achou caixas de medicamentos, que era parte da carga roubada, além de produtos automotivos (baterias, óleo, etc), que seriam resultado de outra ação criminosa.

Segundo o agente de polícia Alexandre Galvão, que chefiou a operação, foram apreendidos com Emerson, que já respondia por tráfico de drogas no estado de São Paulo, crack, cocaína e maconha, além de um automóvel locado, Corsa Classic, cor preta, placa OHI-5275/AL, de Paripueira, que teria sido usado pelo grupo a que pertence.

Confira a reportagem da TV Pajuçara: