Interior

Tremor de terra detectado em Sergipe assusta moradores de cidades alagoanas

TNH1 com informações do Aqui Acontece | 02/09/21 - 11h38 - Atualizado em 02/09/21 - 15h03
Reprodução

Moradores de duas cidades alagoanas disseram ter sentido o tremor de terra detectado pelo Laboratório Sismológico (Labsis) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) no município de Canhoba, interior de Sergipe, distante 117 quilômetros de Aracaju, na noite dessa quarta-feira, 1º. O tenente-coronel Moisés, coordenador da Defesa Civil Estadual alagoana, confirmou o fenômeno à reportagem.

Segundo informações passadas à redação do TNH1, parte das pessoas que residem nas cidades de São Brás e Porto Real do Colégio, na região do Baixo São Francisco alagoano, foi surpreendida com os abalos sentidos por volta das 19h. Apesar do susto, não houve registro de danos.

"É algo que acontece anualmente naquela região, mas nenhuma casa foi danificada. Esse tremor realmente teve origem em Sergipe, mas que inevitavelmente foi sentido nessas cidades de Alagoas", confirmou o coordenador da Defesa Civil.

O Labsis confirmou, por meio de seu no site oficial, que o tremor em Canhoba chegou à magnitude preliminar de 2.1 na escala Richter. Como São Brás e Porto Real do Colégio, em Alagoas, estão a cerca de 12 quilômetros e 16 quilômetros de distância de Canhoba, respectivamente, os moradores teriam sentido o tremor de terra de magnitude considerada baixa. Ainda de acordo com o Labsis, o último evento detectado no município sergipano tinha sido em 3 de agosto deste ano. No ano passado, quase 200 tremores de terra foram registrados em Canhoba, onde em apenas um dia, 38 eventos foram contabilizados pela equipe do LabSis.