Política

TSE autoriza PF a colher provas para cassar chapa Dilma-Temer

20/04/16 - 14h30 - Atualizado em 20/04/16 - 14h34


A ministra Maria Thereza de Assis Moura, relatora no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) das quatro ações que propõem a cassação da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer em 2014, autorizou nesta terça-feira (19) que a Polícia Federal faça diligências e colete provas para embasar os processos. As informações são da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

A relatora autorizou perícia contábil em quatro gráficas que trabalharam para a campanha peemedebista e petista. Solicitou ainda que as delações dos executivos da Andrade Gutierrez sejam compartilhadas com o TSE.