Alagoas

Vazão do São Francisco dobra nesta quarta-feira, 1º e deve provocar alagamentos

Gilson Monteiro | 31/03/20 - 22h21 - Atualizado em 31/03/20 - 22h31
Foto: Chesf

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) alertou na noite desta terça-feira, 31, que, devido ao reservatório de Sobradinho já ter ultrapassado 60% do seu volume útil, a vazão do Rio São Francisco dobrará, a partir desta quarta-feira, 1º de abril, passando dos atuais 550 para 1.100 metros cúbicos por segundo.

Na prática, o aumento da vazão, que cumpre resolução da Agência Nacional de Águas (ANA), deverá provocar alagamentos nas áreas ribeirinhas em cidades como Piranhas e Pão de Açúcar.  A orientação é de que residências e estabelecimentos comerciais da área sem desocupados.

O coordenador da Defesa Civil estadual, Moisés Pereira, reforçou a necessidade de prevenção, com a saída da população ribeirinha.

"Vai elevar as águas da parte do baixo São Francisco, do Xingó até a foz. Consequentemente, aqueles bares ribeirinhos e casas, que foram construídos às margens do rio poderão ficar alagados. Com certeza, amanhã teremos vários pontos, principalmente mais próximo às barragens, onde estão os bares e restaurantes de Piranhas, Pão de Açúcar e Canindé do São Francisco. Com certeza terão suas áreas alagadas", alertou.