Nordeste

Vídeo: cantora da Mastruz com Leite revela ter sido abusada por músico enquanto dormia

05/01/22 - 09h25 - Atualizado em 05/01/22 - 09h37
Muito emocionada, a cantora revela em vídeo que o homem tentou acariciá-la enquanto ela dormia na própria cama, ao lado do marido | Foto: Reprodução / Rede Social

A cantora e vocalista da banda cearense Mastruz com Leite, Larissa Ferreira, revelou ter sido abusada sexualmente enquanto dormia. O autor seria um dos membros da própria banda. Sem revelar o nome do suposto criminoso, extremamente emocionada, a jovem fez uma sequência de vídeos no Instagram para relatar o ocorrido. Larissa conta que estava deitada no quarto da casa dela, ao lado do marido, quando o rapaz, que passava a noite na casa do casal, se aproximou e fez carícias. O homem teria sido convidado para descansar na casa deles, já que haviam bebido durante a noite.

“Senti uma pessoa tocando em mim, tocando no meu corpo, beijando meu rosto, me cheirando (…). Beijando o meu rosto, e com a minha mão, a pessoa estava segurando a minha mão nas partes íntimas dela. Este homem fez isso comigo. E eu deitada na minha cama, no meu quarto e meu marido do meu lado. A pessoa abusou de mim”, disse Larissa na publicação. Veja um trecho do relato da jovem:

Para se livrar do assédio, a cantora disse que se mexeu na cama e afastou o suposto abusador de perto dela. A jovem também disse no vídeo que teve medo que o marido acordasse, porque sabia que se ele flagrasse a situação, poderia tê-lo matado ali mesmo.

“Eu fiquei de olhos fechados, não fiz alarme só dei um solavanco nele para que se afastasse e ele saiu de perto. Eu sabia que se eu fizesse alarme, o Jean iria matar aquele homem aqui dentro de casa”, disse.

Crises de ansiedade - Com o trauma da violência sofrida dentro da própria casa, Larissa demorou cerca de uma semana para contar ao marido o que o colega do casal havia feito. Nesse período, ela teve várias crises de ansiedade e passou a tomar remédio para se acalmar. “Depois que esse homem saiu do quarto, eu fiquei sem saber o que fazer. Se eu contava ou não para o meu marido. Fiquei com crise de ansiedade. Eu não iria ficar bem estando no mesmo ambiente que esse homem. Foi uma semana convivendo com esse homem na banda. Mas eu precisava falar para meu marido. No dia de viajar para o próximo show eu decidi falar para o meu companheiro”, disse.

De acordo com Larissa, ninguém desconfiava do rapaz. “Ele era uma pessoa calma, calada, mas o cara foi capaz de fazer isso. Já tomei todas as providências, falei com o empresário da banda. Eu fui assediada dentro da minha casa, ao lado do meu marido. Ninguém tem direito de tocar numa mulher se ela não deixar, se ela não quiser”, desabafou. Em nota oficial, a banda repudiou o ocorrido e disse que está tomando as medidas cabíveis quanto à atitude do homem.

Leia a íntegra da nota veiculada: “Nós da Banda Mastruz com Leite nos solidarizamos à nossa cantora Larissa Ferreira, que relatou em suas redes sociais ter sofrido assédio em sua casa, por outro integrante da banda. A empresa já está tomando as medidas quanto ao músico e está providenciando apoio à cantora, que está fragilizada, mas acolhida pela família e amigos. A Banda Mastruz com Leite reforça que repudia toda e qualquer forma de abuso contra mulheres, seja físico, psicológico ou sexual. Seguimos dando assistência e oferecendo suporte para a Larissa”