Alagoas

Vídeo: chuvas voltam a castigar e cheia assusta moradores de Santana do Ipanema

Redação TNH1 | 30/03/20 - 07h19 - Atualizado em 30/03/20 - 11h00
Reprodução / Redes Sociais

Em situação de emergência desde a semana passada, Santana do Ipanema voltou a ser castigada pelas chuvas e a força da água no Rio Ipanema e no Riacho Camoxinga na madrugada desta segunda-feira (30). Imagens registradas por moradores do município do Sertão de Alagoas mostram a assustadora crescente do volume d'água na região. 

Ainda no final da noite desse domingo (29), a Sala de Alerta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) emitiu um aviso hidrológico, informando que as chuvas que vêm ocorrendo sobre a região da Bacia Hidrográfica do Rio Ipanema deveriam elevar o nível do rio e poderiam impactar os municípios de Poço das Trincheiras, Santana do Ipanema e localidades próximas nas primeiras horas de hoje. 

O aumento do nível da água no rio e no riacho invadiu ruas e casas, obrigando os moradores a retirarem os pertences às pressas nas primeiras horas desta manhã. Além disso, a ponte da cidade foi interditada devido à cheia. 

Segundo monitoramento realizado pela Sala de Alerta, nas últimas 24 horas, choveu 70 milímetros em Santana do Ipanema. Mais que o esperado para todo o mês de março na região. Além disso, o rompimento de uma barragem em Pernambuco fez com que o nível do Rio Ipanema subisse dois metros acima da cota de transbordamento.

A média climatológica para todo o mês era de 65 milímetros, mas já foi registrando mais de 500 milímetros de chuvas na região. O aviso meteorológico emitido no último domingo (29) segue vigente e a instabilidade sobre o Oceano Atlântico continua podendo causar chuvas de intensidade moderada com algumas pancadas intensas, incidências de raios e acumulados significativos em todas as regiões alagoanas.

Nível do Rio Ipanema

Uma barragem particular no município de Águas Belas, em Pernambuco, rompeu e desaguou Rio Ipanema. As águas dessa barragem chegaram à cidade na manhã de hoje, fazendo com que o nível do riu subisse repentinamente mais de 1,5 m. No momento ele está dois metros acima da cota de transbordamento, ultrapassando aproximadamente 1,5 m a cheia da última semana.

Situação de emergência

Em virtude das fortes chuvas e inundações que atingiram Santana do Ipanema na noite da última quarta-feira (25), o prefeito Isnaldo Bulhões assinou um decreto de situação de emergência no município por um período de 90 dias, podendo ser renovado caso a anormalidade persista.

O decreto autoriza a adoção de todas as medidas administrativas necessárias à imediata resposta por parte do poder público. Ele prevê a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem, sob a direção da Defesa Civil, nas ações de resposta ao desastre. Além disso, a medida possibilita que o Governo do Estado possa ajudar com recursos emergenciais.