Maceió

Vídeo: fila e aglomeração se formam para cadastro habitacional na Prefeitura de Maceió

Redação TNH1 | 10/01/22 - 10h09 - Atualizado em 10/01/22 - 13h12
Fila na Seminfra tem ausência de distanciamento social | Foto: Reprodução

Mais uma vez dezenas de pessoas se aglomeraram na tentativa de conseguir um cadastro para o programa habitacional em Maceió. Nesta segunda-feira (10), a fila para acesso à Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), que é responsável pelo cadastro, chamou atenção pelo tamanho e muitos reclamaram da falta de organização por parte do órgão. Veja vídeo:

O que torna a situação mais grave é a ausência de distanciamento social na fila, visto que evitar aglomeração é umas das principais orientações para afastar contaminações pelos vírus da Covid-19 e Influenza, ambos em descontrole em todo o Brasil. Outro agravante é que algumas pessoas não faziam uso de máscara de proteção. 

Conforme anunciado no mês de novembro, hoje começa o ciclo 1 de agendamentos com atendimento prioritário para idosos. Veja o calendário completo abaixo:

Confira o calendário de agendamento presencial (Ciclo 1)

10/01 a 13/01 e 17/01 a 20/01
A partir de 60 anos

24/01 a 27/01
Prioridades (gestantes, lactantes, portadores de deficiência, criança de colo e obesos)

31/01 a 03/02 e 07/02 a 10/02
De 59 anos a 45 anos

14/02 a 17/02 e 21/02 a 24/02
De 44 anos a 30 anos

07/03 a 10/03 e 14/03 a 17/03
De 29 anos a 18 anos

Documentação necessária: 

- Número de Inscrição Social (NIS) atualizado;
 - CPF;
- RG (expedido em até 10 anos) ou CNH;
- Comprovante de residência;
- Certidão de nascimento, casamento ou averbação de divórcio e, quando viúvo (a), atestado de óbito;
- Em caso de deficiência na família, apresentar atestado médico com espécie, grau, nível e Código de Identificação da Doença (CID), datado e dentro do prazo de seis meses;
- Certidão de nascimento dos filhos de 0 a 12 anos;
- Caso trabalhe de carteira assinada, apresentar carteira de trabalho com carimbo do empregador e contracheque;
- Comprovante de recebimento de pensão, aposentadoria por tempo de serviço, BPC/LOAS ou extrato bancário caso receba algum benefício do governo federal;
- No caso de união estável, o casal deve comparecer com toda documentação;

A composição familiar do NIS deve ser a mesma apresentada no ato do cadastro habitacional. Além disso, caso o usuário não assine, deverá apresentar uma procuração do mesmo modelo entregue pela Secretaria de Habitação.

TNH1 entrou em contato com a Prefeitura de Maceió e foi informado que pessoas abaixo dos 60 anos e de outros municípios compareceram à Seminfra. Veja:

A Secretaria de Habitação Popular de Maceió informa que foi aberto, nesta segunda-feira (10), o primeiro ciclo de agendamento para realização do cadastro habitacional da capital, começando pelos idosos de 60 anos ou mais. O uso de máscara e álcool em gel são obrigatórios e estão sendo controlados pelas equipes da Secretaria. Mesmo com a divulgação realizada pela Prefeitura desde novembro do ano passado, pessoas abaixo dos 60 anos e de outros municípios alagoanos compareceram à sede da Secretaria, o que gerou um fluxo maior de pessoas.

Durante todo ano de 2022 a Secretaria de Habitação realizará o cadastro habitacional e, após este primeiro ciclo de atendimentos que segue até 17 de março, será divulgado um novo calendário. Portanto, não é necessário chegar com muita antecedência na Secretaria para conseguir agendar uma data. A Secretaria também está desenvolvendo um site, em que o maceioense poderá realizar o agendamento online.