Maceió

Vídeo: filhote de peixe-boi é encontrado morto na Praia de Pajuçara

Redação TNH1 | 04/03/20 - 16h50 - Atualizado em 04/03/20 - 18h04
Divulgação / Biota

Um filhote de peixe-boi foi encontrado morto no final da tarde desta quarta-feira (4), em um trecho da Praia de Pajuçara, em Maceió. O Instituto Biota enviou uma equipe ao local para recolher o animal.

"O encalhe de filhote aconteceu agora na Pajuçara. A equipe do Biota está lá vendo se acha algum (animal) adulto por perto, para ver se consegue identificar se é um animal nativo ou se é um animal reintroduzido pelo projeto peixe-boi. O animal vai ser refrigerado para amanhã ser feita a necrópsia na Ufal em Viçosa, porque lá tem mais estrutura para ser feita a necropsia, e não ser feita na praia", explicou Bruno Stefanis, diretor-presidente do Biota. 

"O peixe-boi marinho é o mamífero aquático mais ameaçado do Brasil. Até então, na região de Maceió, praticamente não existia registro de filhote nas últimas décadas. Nos últimos anos a gente vem registrando vários filhotes encalhados mortos, isso pode ser um indício de aumento populacional e de reprodução entre os animais que estão sendo reintroduzidos pelo projeto peixe-boi. Apesar de ser uma notícia triste, indica que os animais daqui da região estão se reproduzindo. O que também é um sinal positivo, não a morte do animal, mas sim o fato de encontrar filhotes. Isso indica que a população está reproduzindo", complementou o membro do Biota. 

Golfinho

Um golfinho também foi encontrado morto nesta quarta-feira (4), no período da manhã, na praia de São Miguel dos Milagres. A equipe do Biota também esteve no local para registrar e recolher o animal, um boto-cinza adulto, de 1,86m de comprimento, da espécie Sotalia guianensis.

Ele estava em avançado estado de decomposição, o que impossibilitou uma avaliação minunciosa para conclusão da causa da morte. Segundo o Biota, não foi observado marca de rede, nem evidenciado óleo, porém, foram percebidas duas depressões semelhantes a arpão. 


Foto: Divulgação / Biota