Polícia

Vídeo: jovem é detida por desacato na orla após agredir verbalmente agentes de segurança

TNH1 | 03/08/20 - 10h31 - Atualizado em 04/08/20 - 09h27

As cenas de um desembargador agredindo verbalmente um guarda em Santos (SP) após ser multado por não estar usando máscara de proteção rodou o país, mas exemplos semelhantes de desacato insistem em acontecer. 

Nesse domingo, 02, após discutir e acusar de roubo um garçom, em um bar na orla de Ponta Verde, uma mulher não gostou de ser abordada por um agente do Ronda no Bairro, e pela Polícia Militar, chegando a agredir verbalmente e usar palavras de baixo calão contra os agentes de segurança. 

O vídeo, que circulou em aplicativos de mensagens e nas redes socias, mostra a jovem bastante nervosa, e atacando verbalmente o agente do "Ronda", além de um policial da Radiopatrulha.

 As cenas foram gravadas  em frente a uma barraca na orla,  onde a jovem, segundo testemunhas, teria discutido com um garçom, o acusando de ter roubado pertencer de sua bolsa.

"Não ouse tocar a mão em mim", diz ela repetidas vezes, enquanto uma outra jovem, aparentemente amiga, tenta acalmá-la, sem sucesso.  "Seja homem, seja homem", grita a moça, com o dedo em riste se dirigindo ao policial militar que depois das agressões verbais decide detê-la.

No vídeo, é possível ouvir o agente do Ronda no Bairro explicando que encontraram a jovem "pertubando" no local, após discutir com um rapaz.

Segundo informações do Ronda no Bairro, a mulher foi detida e encaminhada à Central de Flagrante, onde foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Após assinar o documento, ela foi liberada.

O TNH1 tentou contato com a gerência do estabelecimento, mas não conseguiu. 

A redação também não conseguiu contato com a jovem que aparece no vídeo, ficando aberto o espaço para que ela possa apresentar a sua versão dos fatos. 

A Associação dos Cabos e Soldados em Alagoas (ACS/AL) lançou nota de apoio aos militares que participaram da ocorrência. Leia a íntegra:

Nota de Apoio - ACS/AL

A Associação dos Cabos e Soldados em Alagoas ACS/AL), em nome do presidente Cb PMAL Nascimento, vem a público externar seu apoio incondicional e irrestrito aos policiais militares envolvidos em uma ocorrência com uma senhora na orla de Maceió (AL), onde esta de forma deselegante, destratou e desacatou os policiais militares. 
.
Eles, mesmo sendo destratados, conduziram a ocorrência com zelo e respeito às normas balisadoras da atividade policial no Brasil. Deste modo, é importante frisar o alto grau de profissionalismo dos policiais envolvidos, o que denota a capacidade e a qualidade na formação do militares do Estado de Alagoas.

Atenciosamente,
Cb PMAL - Nascimento