Maceió

Vídeo: pitbull que atacou família em Maceió sofre mal súbito e morre após ataque de fúria

Eberth Lins com TV Pajuçara | 30/11/21 - 13h08 - Atualizado em 30/11/21 - 14h11
TV Pajuçara

O cão da raça pitbull que atacou quatro pessoas nessa segunda-feira (29), em Maceió, era o cachorro da família e morreu após sofrer um mal-súbito, possivelmente, causado por estresse. De acordo com os Bombeiros, o animal se manteve alterado mesmo depois de contido em equipamento específico.

"Acabou que, infelizmente, durante a ocorrência, no momento da contenção, ele lutou muito e teve um mal-súbito, provavelmente, devido ao estresse", contou o aspirante Capatto em entrevista à TV Pajuçara. De acordo com o militar, o equipamento utilizado, uma enforcadeira, é apropriado para o fim e tem afrouxamento automático. 

O ataque de fúria do animal teria durado, no mínimo, uma hora. "Ele estava extremamente agressivo. O Corpo de Bombeiros revezou militares para segurá-lo e conter a agressividade nesse tempo de extremo estresse, que deve ter causado o mal-súbito", acrescentou o aspirante.

Seis militares participaram da ocorrência e, quando chegaram ao local, encontraram uma família ilhada pelo cão. "As vítimas estavam na casa do vizinho e havia gente na parte superior da casa, que é um primeiro andar", disse.

O militar ainda reforçou que situações como esta podem ser evitadas com o adestramento do animal. "Qualquer animal precisa de um adestramento, de uma pessoa que entenda o que está fazendo para que ele saiba como lidar com a família", acrescentou.

Entenda o caso - Quatro pessoas ficaram feridas após um ataque de um cão da raça pitbull dentro de uma residência situada na Travessa dos Artistas, no bairro de Tabuleiro do Martins, em Maceió, na noite de ontem (29). As vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e pelo Samu, e encaminhadas a unidades de saúde. O estado de saúde delas não foi divulgado.