Polícia

Vigilante é preso suspeito de matar empresário em Arapiraca

Dayane Laet com Rádio Pajuçara Arapiraca | 15/03/19 - 06h24 - Atualizado em 15/03/19 - 06h38
Petrúcio Tojal tinha uma loja de carros em Arapiraca | Reprodução / Arquivo Pessoal

O vigilante identificado como Valdir dos Santos Azevedo foi preso em flagrante nessa quinta-feira (14), em Arapiraca, depois de se contradizer três vezes durante depoimento da morte do empresário e advogado Petrúcio Tojal.

De acordo com o delegado Everton Gonçalves, Valdir voltar atrás em seu depoimento, afirmando que a vítima teria sofrido um acidente e caído do primeiro andar da loja de carros e que ele não teria presenciado a queda.

“Novamente questionado, o vigilante mudou de versão, confirmando a queda acidental, mas que ele teria presenciado”, explicou Everton.

Inicialmente o segurança contou que o comércio tinha sido invadido por três homens armados e que Petrúcio foi atirado do 1º andar durante luta corporal.

Diante das divergências, foi lavrado o auto de prisão em flagrante contra Valdir que agora é suspeito de ter empurrado a vítima.

O caso já foi encaminhado ao juízo da 8a vara criminal que decidirá, ainda nesta sexta feira (15), sobre o destino do suspeito.

Outras testemunhas serão ouvidas nos próximos dias, para esclarecer detalhes do caso.