Futebol

Wellington Silva é apresentado oficialmente pelo CSA: "Estou aqui para ajudar"

31/07/18 - 18h26 - Atualizado em 31/07/18 - 18h26
Eduardo Vieira/RCortez/Ascom CSA

A tarde desta terça-feira (31) foi de apresentação oficial no CT do Mutange. O lateral Wellington Silva vestiu a camisa do CSA e concedeu a primeira entrevista coletiva como jogador do time alagoano. 

"A camisa até caiu bem, né, essa azul e branca. Gostei. A torcida pode esperar o jogador que viu nos clubes anteriores. Um cara aguerrido, sempre tentando ajudar a equipe lá na frente e lá atrás. Porque estou louco para voltar. O CSA abriu as portas, agradeço muito a todos. Vou fazer de tudo para corresponder essa confiança que colocaram em mim", discursou o reforço azulino . 


(Foto: Eduardo Vieira / RCortez / Ascom CSA)

"Acompanhei alguns jogos [da Série B]. A gente fica em casa e gosta de ver futebol. Está muito embolada a parte de cima, está todo mundo muito perto. Sobre a posição, o Celsinho está muito bem, o Rafinha também está muito bem, graças a Deus. Vamos brigar. É uma dor de cabeça boa para o Marcelo Cabo. E é sempre bom ter uma sombra, o jogador também cresce. Só quem tem a ganhar é o CSA. Estou aqui para ajudar". 

Aos 30 anos, Wellington Silva tem passagens por grandes clubes do futebol brasileiro, como Fluminense, Flamengo e Internacional. O jogador afirmou que pode contribuir com essa experiência dentro e fora de campo. 

"Pela equipe que estou vendo, é uma equipe muito boa e consistente ali atrás. Na frente, tem jogadores muito rápidos. Posso também atuar pela frente como lateral-esquerdo, onde atuei pelo Fluminense. Onde ele [Marcelo Cabo] quiser me colocar, estou aqui para ajudar. Espero estar ajudando bastante, até fora de campo com alguns conselhos. Venho aqui para ajudar, tentar, se Deus quiser, no final de novembro, estar aqui com todos felizes comemorando o acesso". 


Wellington Silva, Fabiano Melo e o gerente de futebol Marcelo de Jesus
(Foto: Eduardo Vieira / RCortez / Ascom CSA)

Quem apresentou Wellington Silva foi o superintendente de futebol Fabiano Melo, que depositou confiança no novo lateral do CSA. 

"Em nome de toda a diretoria, do presidente Rafael Tenório, do presidente Raimundo Tavares, estamos aqui hoje fazendo essa apresentação do Wellington, desejando a ele boas-vindas. Tudo que ele fez nos clubes, ele consiga fazer aqui no CSA. Pode ter certeza que aqui ele será feliz. É uma casa que está junto dos jogadores e com ele não será diferente. Temos fé em Deus que conseguiremos nossos objetivos juntos".

Havia ainda a expectativa da apresentação do atacante Neto Berola. O atleta desembarcou em Maceió nesta madrugada e iniciou os exames médicos no Mutange. Segundo a assessoria de comunicação do CSA, por ainda faltar alguns exames, a gerência de futebol pediu para adiar a apresentação. 

Em campo, o técnico Marcelo Cabo segue preparando o time para enfrentar o Juventude na sexta-feira (3), às 21h30, no Estádio Rei Pelé, pela 19ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida marca o encerramento do primeiro turno. Com 31 pontos, o Azulão é o vice-líder da competição. 

Veja outros trechos da entrevista com Wellington Silva. 

Regularização

"Sobre a documentação, acho que está tudo ok. Eu tinha recebido tudo do Fluminense no final de março. Só mais um pouco de condicionamento treinando mesmo com bola, porque eu estava treinando fisicamente bem. Mas com bola, preciso mais um pouquinho. É coisa rápida. Jajá estou estreando pela equipe". 

Condicionamento físico

"Estou há uma semana aqui, mas vinha treinando no Rio de Janeiro. O que faltava mais era condicionamento com bola, com o grupo. Eu estava mantendo a forma com alguns profissionais da bola lá no Rio de Janeiro. Essa semana foi boa. Deu para fazer os testes físicos, graças a Deus estou muito bem. Agora é só pegar ritmo de jogo para conseguir estrear e estrear bem"

Campanha do CSA

"Fiquei muito feliz em chegar ao CSA. Ver que o time está fazendo uma bela campanha, não só a bela campanha, como o belo futebol dentro de campo, está encantando a todos pelo belo elenco que tem. Conheço vários jogadores, já atuei junto. Na humildade como está jogando, tem tudo para conseguir o objetivo, que é subir"

Responsabilidade pelo currículo

"Você chega numa equipe que é vice-líder, jogando muito bem. A responsabilidade aumenta muito. Mas em qualquer clube, quando você chega, tem que mostrar seu bom futebol. A responsabilidade todo jogador vai ter, não vai ser diferente. Claro que pelos clubes que passei, a responsabilidade vai crescer. Mas o CSA também é grande e vai ter tudo para conseguir esse acesso, na humildade como falei, nunca menosprezando ninguém. Aos pouquinhos, vamos continuar entre os quatro para não sair mais". 

CSA x Juventude

"Sim, independente de estar no banco ou não. Estarei lá para sentir esse fogo que a torcida faz lá no estádio".