Futebol Nacional

Zé Ricardo explica 1ª recusa ao Botafogo e evita assumir metas

06/08/18 - 16h36 - Atualizado em 06/08/18 - 16h38
Vitor Silva / SS Press / BFR

O técnico Zé Ricardo foi oficialmente apresentado pelo Botafogo nesta segunda-feira (6). Contratado para subsituir Marcos Paquetá, demitido após cinco jogos, o novo comandante explicou o porquê de ter recusado proposta do clube em junho, após saída de Alberto Valentim.

"Eu tinha acabado de sair do Vasco e precisava de um tempo. Foram dois anos intensos, e eu tinha firmado um compromisso para fazer comentários na Copa do Mundo", disse Zé Ricardo. "Passado esse tempo, recebi um novo convite e entendi que era o momento ideal para voltar."

O Botafogo é o terceiro clube carioca seguido na carreira de Zé Ricardo, que começou em 2016 como interino do Flamengo. Em agosto de 2017, ele foi demitido pelo clube rubro-negro e, semanas depois, assumiu o comando do Vasco, do qual se despediu no início de junho, após perder justamente para o Botafogo.

A equipe alvinegra disputa atualmente o Campeonato Brasileiro, no qual ocupa a 11ª colocação, com 21 pontos, e a Copa Sul-Americana -receberá o Nacional-PAR no próximo dia 16, em jogo de volta da segunda fase, após perder por 2 a 1 fora. Zé Ricardo evitou assumir metas nas competições.

"Não vou fazer nenhum tipo de promessa, mas vamos nos entregar jogo a jogo. Eu tenho certeza que podemos elevar os níveis de competitividade e de desempenho, aliados a resultados, para então pensar em coisas grandes", afirmou.