Polícia

Abinael teria descoberto que Ericksen desviou R$ 12 mil de empresa

13/07/16 - 10h29 - Atualizado em 13/07/16 - 10h32

O delegado Ronilson Medeiros, coordenador da Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic), apontou mais uma motivação para o assassinato de Abinael Ramos, durante a entrevista coletiva em que apresentou mais um preso suspeito de participação na morte.

De acordo com o delegado, Abinael teria descoberto que Ericksen Dowell, seu colega de trabalho, estava desviando dinheiro da empresa. “Ele teria desviado cerca de R$ 12 mil. Abinael chegou a conversar com ele para tentar evitar que ele perdesse o emprego, aí o crime aconteceu”, explicou.

As investigações também já apontaram que Ericksen queria ocupar o cargo de Abinael, depois de ter recebido um e-mail, por engano, com os salários de todos os funcionários da empresa. Foi quando ele teria ficado sabendo que o colega ganhava mais que ele.

Abinael foi morto no dia 15 de junho e seu corpo foi achado no dia 22, em um matagal na cidade de Rio Largo.