Justiça

Acusado de matar namorada grávida a facadas vai a júri

05/07/16 - 16h33 - Atualizado em 05/07/16 - 16h38
Dicom TJ/AL

A 2ª Vara de Porto Calvo leva a julgamento, na próxima quinta-feira (7), às 9h, o réu Gustavo José dos Santos, acusado de matar a namorada, que estava grávida de quatro meses. O crime ocorreu em outubro de 2014, no Centro de Jacuípe.

De acordo com a denúncia do Ministério Público de Alagoas (MP/AL), Genílsula Marques da Silva, de 18 anos, recebeu diversas facadas na região do abdômen, não resistindo aos ferimentos. Em depoimento, Gustavo confessou o crime e disse que agiu porque estava embriagado.

O réu foi pronunciado em abril de 2015 e será julgado por homicídio duplamente qualificado (motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima), além do crime de aborto (art. 125 do Código Penal). A sessão será conduzida pelo juiz José Eduardo Nobre Carlos, no Fórum de Porto Calvo.