Justiça

Acusado de matar primo que o chamava de “vacilão” vai a júri nesta quinta

Ascom TJ-AL | 11/03/20 - 17h29
Caio Loureiro/Ascom TJ-AL

A 8ª Vara Criminal de Arapiraca leva a júri popular, nesta quinta-feira (12), o réu Erisvaldo dos Santos, acusado de matar o primo, Jamilson Roque dos Santos em outubro de 2008. O julgamento terá início às 9h no Fórum da Comarca, e será conduzido pelo titular da unidade, juiz Geneir Marques de Carvalho Filho.

Segundo a denúncia do Ministério Público, o crime foi motivado pelo fato de Jamilson viver chamando o primo Erisvaldo de ‘vacilão’. Ambos moravam juntos, com outros familiares, desde a infância, e segundo os parentes, não existiam intrigas entre os primos.

O réu teria se aproveitado de estar sozinho em casa com a vítima no dia do crime e efetuou um disparo de arma de fogo contra Jamilson, atingindo-o na cabeça, por não suportar mais ser chamado de ‘vacilão’. Segundo Erisvaldo, a vítima já teria lhe ameaçado, mas nenhuma providência legal foi tomada pelo réu.

Erisvaldo dos Santos será julgado por homicídio qualificado por motivo fútil e mediante recurso dificulte ou torne impossível a defesa da vítima.