Alagoas

Água, orações, e até saco de pancada; grupos tentam tranquilizar candidatos do Enem

Lelo Macena e Itawi Albuquerque | 17/01/21 - 14h33 - Atualizado em 17/01/21 - 15h08
Itawi Albuquerque

Saco de pancada, chocolate, água, palavras de conforto e orações. Valia tudo para dar suporte aos candidatos e garantir a tranquilidade deles, para que fizessem uma boa prova do Enem, neste domingo 17.

O grupo FJUniversitários, que dá apoio a estudantes, levou até um saco de pancada para os alunos reduzir o estresse, no Cepa.

“Também estamos disponibilizando além de água, um kit com chocolate e caneta para os alunos que vão fazer prova hoje no Enem”, disse Leonege da Silva, que faz parte do grupo. “Também temos um projeto que chama  "está estressado?", aí trouxemos um equipamento para o pessoal tentar se desestressar um pouco”, disse Leonege, ao apontar um saco de pancadas, onde alguns estudantes já se exercitavam. 

Contratado por uma instituição de ensino, Dheyves Animaxx, tentava levar tranquilidade aos candidatos. “A gente tentar passar calma, interagir brincando. Estamos distribuindo alguns brindes, para que na hora da prova eles possam degustar, se acalmar. Lembramos a eles da cor da caneta, dos documentos, damos dicas, porque às vezes eles estão tão nervosos que esquecem desses detalhes”, disse o animador.

A cabeleireira Maria Lúcia, que mora no Pinheiro, viu a oportunidade de fazer uma renda extra com a venda de água. “Como moro no Pinheiro, a situação está bem difícil. Minhas clientes já foram embora, não estão mais lá. Então a gente tem que se virar, tentar uma renda extra.