Turismo

Alagoas: Adesão da hotelaria ao Selo Turismo Responsável é a maior do País

ABIH Alagoas | 19/08/20 - 10h49 - Atualizado em 19/08/20 - 11h45
Divulgação

Considerada uma das mais modernas do Nordeste, a hotelaria de Alagoas tem se destacado no processo de retomada do setor turístico no Brasil. Prova disso é que os meios de hospedagem do destino obtiveram o maior nível de adesão do país ao Selo Turismo Responsável, segundo pesquisa do Departamento de Turismo da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), realizada 60 dias após o lançamento da chancela do Ministério do Turismo (MTur). A readequação da rede hoteleira no estado é conduzida pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Alagoas (ABIH-AL), entidade representativa do setor, em conformidade com as diretrizes nacionais, estaduais e municipais.

Desenvolvido pelo professor mestre Thyago Velozo de Albuquerque, pesquisador do Núcleo de Políticas Públicas e Desenvolvimento Sustentável da UFPB, o estudo revela o grau de adesão de estados e regiões brasileiras em comparação aos dados disponibilizados no Cadastro Nacional de Turismo (Cadastur) - proporcionalmente, Alagoas aparece como a unidade da federação com maior número de meios de hospedagem certificados. A pesquisa aponta uma adesão de 38% no estado durante os dois primeiros meses de criação do selo, superando a média nacional de 21%.  

Os empreendimentos recebem a chancela federal a partir do comprometimento com a adoção de boas práticas de saúde, segurança e atendimento. As adaptações realizadas pela hotelaria atendem a rigorosas medidas de higiene e distanciamento social em todos os setores dos empreendimentos, que estão reunidas em um protocolo específico, validado pelas principais entidades do turismo nacional e adotado pelos cerca de 90 hotéis associados à ABIH-AL. O documento está disponível para acesso no site da associação (www.abihal.com.br).

De acordo com o presidente da associação, André Santos, o selo padroniza os protocolos necessários, além de indicar aos turistas os empreendimentos que seguem as recomendações sanitárias e estão aptos a receberem os hóspedes com segurança. “A certificação passa confiança ao viajante, eleva a competitividade do destino e melhora a imagem dos nossos produtos nos mercados emissores. Junto a parceiros comerciais e aos governos federal, estadual e municipais, a ABIH-AL desenvolve um trabalho de promoção e fortalecimento da hotelaria, setor que atrai milhares de turistas a cada ano. Neste processo, é fundamental  que os empreendimentos estejam aptos para receber os visitantes diante da nova realidade”, avaliou.

Ao todo, segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) no final de julho, Alagoas já conta com 423 empreendimentos turísticos com o selo do MTur, sendo 178 meios de hospedagem. A maioria está em Maceió, Maragogi, Piranhas, São Miguel dos Milagres e Marechal Deodoro.

Como obter o selo

Para solicitar a certificação do governo federal, o empreendimento precisa estar obrigatoriamente regularizado no Cadastur. Os interessados devem acessar o site  turismo.gov.br/seloresponsavel, conferir as orientações e protocolos e fazer uma autodeclaração, com informações que atendam aos critérios exigidos. Após o preenchimento do formulário, o interessado será direcionado para fazer o download do selo gratuitamente, que deverá ser impresso e colado em local visível, de forma que os clientes possam acessar o QR Code e consultar as medidas adotadas pelo estabelecimento.