Saúde

Alagoas confirma primeiros casos de 'Flurona', dupla infecção por Covid-19 e Influenza 

Eberth Lins | 05/01/22 - 12h29 - Atualizado em 05/01/22 - 13h02
A dupla infecção pelos vírus ainda é algo novo e já há registros em, pelos menos, outros sete estados do Brasil | Foto: Charles Guerra / BD

Alagoas já tem casos confirmados de coinfeção pelo vírus da Covid-19 e Influenza, o que está sendo chamado pela comunidade médica como "Flurona" . A informação foi confirmada ao TNH1 pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), que ficou de informar, ainda hoje, o número de casos. O nome "Flurona" nasceu da junção de “flu”,  gripe em inglês, e rona, de “coronavírus”. 

A dupla infecção pelos vírus ainda é algo novo e mas já há registros em, pelos menos, outros sete estados do Brasil. Ceará, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Mato Grosso. Conforme especialistas,  a manutenção de cuidados preventivos contra a Covid, a exemplo do uso de máscaras de proteção, evitar aglomerações e tomar as vacinas é a forma de barrar o avanço da "Flurona".

Mortes por gripe - No início da tarde desta quarta-feira, 05, o secretário de estado da Saúde, Alexandre Ayres, informou por meio das redes sociais que convocou uma reunião de emergência com técnicos da Sesau para a tarde de hoje e também que já há casos de mortes causadas pela gripe em Alagoas.

Baixa cobertura vacinal contra a Covid- A conclusão do esquema vacinal contra a Covid-19, leia-se, tomar as 1ª e 2ª doses das vacinas é a principal orientação das autoridades para o enfrentamento do coronavírus. Mas em Alagoas, conforme revelou o TNH1 em reportagem publicada na última semana, a cobertura vacinal é a 7ª pior de todo o Brasil. Até o final de dezembro, o estado tinha somente 54,1% da população vacinada com as duas doses, ficando atrás apenas do Amazonas (52,3%), Tocantins (51,9%), Maranhão (50,3%), Acre (47,7%), Roraima (39,7%) e Amapá (39,1%). Já os vacinados com ao menos uma dose em Alagoas somavam 71,4% da população, o que deixou Alagoas também na 7º posição.

A baixa cobertura, no entanto, tem relação direta com a procura por parte da população, visto a distribuição e manutenção de postos de vacinas em todo o estado.

Vacinação contra a Influenza - Alagoas também já solicitou ao Ministério da Saúde (MS) um lote com novas doses de vacinas contra a Influenza que seria para retomar a vacinação para todos os públicos. A reportagem tentou saber se o pedido foi aceito pelo Governo Federal e se há previsão para a chegada dos imunizantes e a Sesau ficou de encaminhar respostas.