Polícia

Alarme falso: suspeita de furto no Centro gera boato sobre assalto com reféns

09/07/16 - 09h53 - Atualizado em 09/07/16 - 10h34
Edmundo Apolinário / Trânsito Maceió

A suspeita de que um homem estaria praticando furtos dentro da loja de roupas Marisa, no centro de Maceió, provocou grande movimentação policial no calçadão do comércio e assustou quem passou pelo local na manhã deste sábado (9).

Minutos após a chegada de duas viaturas da Polícia Militar ao local, internautas chegaram a comentar nas redes sociais que um homem fazia reféns dentro da loja, mas tudo não passou de um susto.

De acordo com a supervisão do Batalhão de Radiopatrulha, que atendeu a ocorrência, o homem suspeito teria intimidado funcionários minutos antes da abertura do estabelecimento, por volta das 8h.

Pouco depois, com a loja aberta, ele entrou e passou a apresentar atitudes consideradas suspeitas pelos funcionários, que acionaram a PM.

Duas equipes da RP, que estavam próximas, se dirigiram até o calçadão e conseguiram deter o homem antes que ele cometesse qualquer delito.

Os militares analisaram imagens de segurança da loja e constataram que o suspeito não furtou nenhum objeto. Eles também checaram o nome do homem no sistema da polícia, mas detectaram apenas um processo por furto, em um shopping de Maceió, ao qual ele responde em liberdade.

Nenhum funcionário da Marisa quis prestar queixa e o homem acabou liberado. A reportagem conversou com funcionários da loja, mas eles informaram que não têm autorização para dar entrevista.

Alarme falso: suspeita de furto no Centro gera boato sobre assalto com reféns
Alarme falso: suspeita de furto no Centro gera boato sobre assalto com reféns