Alagoas

Após acidente com funcionários, metade de usina é interditada por auditores do trabalho

Redação TNH1 | 17/09/20 - 18h19 - Atualizado em 17/09/20 - 18h45
Reprodução/Redes Sociais

Dois auditores fiscais do trabalho foram nesta quinta-feira (17) à Usina Coruripe, vistoriar o local do acidente que feriu duas pessoas na noite dessa quarta-feira (16). De acordo com informações do superintendente regional do trabalho em Alagoas, Victor Cavalcante de Oliveira Souza, após a vistoria quase metade da usina ficou interditada. 

Os auditores identificaram que duas caixas, de aproximadamente 7 metros, caíram no local onde é feita a produção do açúcar. "Dois trabalhadores foram atingidos por componentes químicos que saíam de uma tubulação e que ía em direção a essa caixa. Esses componentes estavam a cerca de 100 graus celsius no momento do acidente, mas graças a Deus as caixas não caíram sobre ninguém", explicou Victor Cavalcante.

Ainda segundo o superintendente, não foi possível identificar o agente causador do acidente, mas por segurança a área ficou isolada. "Cerca de metade da usina foi interditada e somente será liberada após a identificação do agente causador do acidente e a sua reparação", afirmou. 

Em nota, a Usina Coruripe reiterou que a área onde ocorreu o incidente com o rompimento do suporte das caixas de evaporação foi isolada para veriguação e posterior reparo. A usina informou ainda que segue operando normalmente.