Meio Ambiente

Após encalhe e exame de necropsia, baleia jubarte é enterrada em Jequiá da Praia

Redação TNH1 | 28/08/20 - 18h37 - Atualizado em 28/08/20 - 18h47
Cortesia

Encontrada encalhada e sem vida na tarde dessa quinta-feira (27) nas falésias de Jequiá da Praia, Litoral Sul de Alagoas, uma baleia jubarte foi examinada por uma equipe do Instituto Biota ao longo desta sexta-feira (28) e será enterrada em uma vala na própria praia. 

Segundo o Biota, o animal estava na região das falésias ontem e foi levado mais ao sul pela maré durante a noite, encalhando novamente no povoado Lagoa Azeda. A baleia é um filhote recém nascido, macho, de 4,76m. A equipe do Biota realizou o exame de necropsia para saber a causa da morte. Não foi informado se havia algum ferimento aparente na baleia. 

Membros da Prefeitura de Jequiá, da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) auxiliaram na remoção do animal. O Biota informou que a carcaça da baleia será enterrada em uma vala após a conclusão da necropsia.  

Ainda de acordo com o Biota, em 2019 foram 60 encalhes de jubartes, com destaque para os números de 19 na Bahia e 9 no Espírito Santo. Já em 2020, até o momento foram registrados 40 encalhes.