Futebol Internacional

Após sofrer 17 gols seguidos, Tailândia marca e leva diretora às lágrimas

Folhapress | 16/06/19 - 16h34 - Atualizado em 17/06/19 - 14h33
reprodução / ESPN

Após a derrota por 13 a 0 para os Estados Unidos, a seleção tailandesa sofreu nova goleada na manhã deste domingo (16). Apesar do revés por 5 a 1 para a Suécia na segunda rodada do Grupo F da Copa do Mundo feminina, um momento causou emoção no Allianz Riviera, em Nice, na França: o primeiro gol da Tailândia na competição.

O gol aconteceu aos 46 minutos do segundo tempo, quando as tailandesas já perdiam por 4 a 0. Apesar disso, após Sung-Ngoen balançar as redes, a diretora de futebol do país asiático, Nualphan Lamsam, foi às lágrimas.

As câmeras da transmissão mostraram Lamsam chorando abraçada à técnica Nuengrutai Srathongvian. Foi o primeiro gol anotado pela sua seleção depois de sofrer 17 em sequência –somando os dois jogos– até o momento.

Mesmo com nova goleada contra, o momento rendeu festa para a seleção da Tailândia e repercutiu nas redes sociais. Pouco depois, a Suécia marcou o quinto gol após pênalti marcado com auxílio do VAR.
O próximo compromisso da Tailândia no Mundial será contra o Chile, na quinta-feira (20). No mesmo dia, a Suécia enfrenta os EUA.