Política

Beto Mansur e Maria do Rosário retiram candidatura para presidência da Câmara

13/07/16 - 15h29 - Atualizado em 13/07/16 - 15h33

O deputado Beto Mansur (PRB-SP) retirou sua candidatura à presidência da Câmara e anunciou apoio de seu partido a Rogério Rosso (PSD-DF), candidato favorito do chamado centrão da Casa.

A deputada Maria do Rosário (PT-RS) também desistiu do pleito. Ex-ministra de Direitos Humanos, ela exerce o quarto mandato consecutivo na Câmara dos Deputados.

Beto Mansur fez o anúncio no Salão Verde pouco depois de PSDB, PSB e PPS terem anunciado uma aliança com o DEM para apoiar Rodrigo Maia (DEM-RJ).

— O que eu não quero é ter surpresa no segundo turno. A gente precisa ter uma base nossa. É esse grupo de partidos que forma a base do governo, que foi fundamental para que votássemos o impeachment de Dilma Rousseff.

A expectativa do centrão, formado por PRB, PSD e outros 10 partidos e que constituem uma das principais bases de sustentação do governo interino na Câmara, é que a disputa pela presidência da casa seja levada a um segundo turno entre Rosso e Maia.

Mansur negou influência do Palácio do Planalto em sua decisão de retirar sua candidatura. “Não recebo ordens de ninguém”, afirmou.