Televisão

Bianca Andrade assume quebra de contrato e paga multa à Globo; saiba quanto

Notícias da TV | 27/01/21 - 09h38 - Atualizado em 27/01/21 - 09h45
Reprodução/Redes Sociais

O processo movido pela Globo contra Bianca Andrade foi concluído com um acordo entre as partes. A influenciadora digital conhecida como Boca Rosa assumiu que cometeu uma quebra de contrato com a emissora, em relação à cláusula de exclusividade do BBB20, e concordou em pagar uma multa indenizatória de R$ 150 mil.

A Globo começou a mover uma ação contra Bianca em julho de 2020, após constatar que havia sido enganada pela blogueira. Quando assinou contrato para participar do BBB20, Bianca escondeu da emissora que também já havia gravado sua participação no reality Soltos em Floripa, do Prime Video, streaming da Amazon, concorrente do Globoplay.

Na ação, protocolada pela Globo na 7ª Vara Cível do Rio de Janeiro, a emissora alegava que Bianca não cumpriu a cláusula de exclusividade do seu contrato ao aparecer no outro reality.

O contrato de Bianca, assim como o de todos os outros participantes, era válido até 30 de abril de 2020. Até esta data, eles não poderiam aparecer em emissoras, páginas de internet ou mídias impressas concorrentes.

Pelo descumprimento de Bianca da cláusula de exclusividade, uma das principais do contrato, a Globo pedia multa de R$ 500 mil. Na ocasião, a assessoria de imprensa da influenciadora afirmou que ela estava disposta a colaborar com a emissora para esclarecer o assunto.

disposta a colaborar com a emissora para esclarecer o assunto... - Leia mais em https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/globo-processa-ex-bbb-boca-rosa-e-exige-r-500-mil-por-ter-sido-enganada-39730?cpid=txtdisposta a colaborar com a emissora para esclarecer o assunto... - Leia mais em https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/globo-processa-ex-bbb-boca-rosa-e-exige-r-500-mil-por-ter-sido-enganada-39730?cpid=txt

Bianca sofreu a primeira derrota em agosto, quando solicitou que a ação corresse em segredo de Justiça. O pedido foi negado.

Em 11 de dezembro de 2020, os advogados de ambas as partes formalizaram um acordo neste caso. A emissora aliviou a multa inicial, e Bianca concordou em pagar R$ 150 mil à vista, além de R$ 15 mil de honorários para os advogados da Globo.

A influenciadora também admitiu ter ciência de que descumpriu o contrato, e a emissora reconheceu que este deslize não foi um ato de má-fé de Bianca. No acordo, as duas partes manifestaram desejo de manterem um bom relacionamento.