Gente Famosa

Caio Blat é acusado de assédio por colega de novela

Emissora está investigando denúncia de assédio contra o ator; atriz está na novela das 9

Contigo / Com Folhapress | 15/05/19 - 15h58 - Atualizado em 16/05/19 - 07h44
Ator Caio Blat | Divulgação

Caio Blat está sendo acusado de assédio por uma colega de O Sétimo Guardião.

Segundo o jornalista Leo Dias, o ator é alvo de acusações por parte de uma atriz que está no elenco da trama de Aguinaldo Silva, que não quer ser identificada. Segundo ele, a assessoria da atriz confirmou a acusação.

Segundo a atriz, além dela há ao menos cinco atrizes que têm problemas com Caio. O caso veio à tona após uma festa promovida pelo ator ter notadas ausências, supostamente por causa dos relatos.

A Globo se pronunciou ao jornalista: "Todo relato de desrespeito na Globo é apurado criteriosamente, assim que tomamos conhecimento dele - como é o caso agora. A Ouvidoria da empresa já foi acionada".

Ator nega

O ator Caio Blat, 38, disse que ficou surpreso e indignado ao saber que a Globo apura uma denúncia de assédio contra ele. A queixa teria sido feita por uma atriz colega de elenco dele na novela "O Sétimo Guardião", segundo informações do colunista Leo Dias, do UOL.

Em nota encaminha ao colunista, Blat afirmou que a denúncia é "mentirosa" e que o assédio é uma atitude covarde, assim como acusá-lo sem provas. 

"Terminamos a novela num clima ótimo, e fui surpreendido hoje com uma notícia mentirosa e anônima a meu respeito. Que me deixou indignado! Se algum colega ficou ofendido com qualquer atitude minha, que se identifique e me procure, para que eu tenha ao menos a chance de me retratar. O assédio é uma atitude covarde, assim como uma denúncia sem provas e sem autor", disse o ator, por meio de nota, nesta quarta-feira (15). 

POLÊMICAS

Esta polêmica, nas vésperas do fim da novela das nove, é a cereja no topo do bolo em uma trama que teve toques novelescos fora das telas.

Aguinaldo Silva foi acusado mais de uma vez de plágio: primeiro por participantes de uma Master Class e depois por uma autora.

Marina Ruy Barbosa foi apontada como pivô da separação de José Loreto e Débora Nascimento, fato que gerou uma enorme polêmica e acabou com algumas amizades.