Eleições

Candidato a vereador é preso suspeito de comprar votos em Viçosa; R$ 30 mil foram apreendidos

TNH1 com Ascom PC | 10/11/20 - 10h53 - Atualizado em 10/11/20 - 11h09
Foto: Cortesia / Ascom PC

Um candidato a vereador foi preso suspeito de comprar votos no município de Viçosa, no interior de Alagoas. Com ele, policiais da Asfixia aprenderam santinhos e a quantia de R$ 30 mil, que seriam distribuídos entre eleitores da cidade.

De acordo com a polícia, por volta das 21h dessa segunda-feira (09), policiais civis estavam realizando rondas e receberam denúncia de que no bairro Sabalangá teria um candidato a vereador em uma Hilux, de cor branca, que estaria comprando votos. As equipes da Asfixia foram até o local indicado e realizaram abordagem e revista nas pessoas.

Segundo a polícia, durante revista, o candidato a vereador revelou que estava com uma quantia de R$ 12 mil no bolso. Após ser constatada a suspeita, os agentes perguntaram se a Hilux pertencia ao mesmo e este informou que era o proprietário do automóvel.

“Fora feita uma busca no veículo, com o acompanhamento do mesmo, e encontrado mais uma quantia em dinheiro no valor de 18 mil reais, além de santinhos e carnês de notas promissórias preenchidos com nomes, cpf e valores”, disse um agente da PC que participou da operação.

Após a ação, a equipe encaminhou o suspeito até o  Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) de Viçosa, para conhecimento do delegado de plantão e devidos procedimentos cabíveis.