Justiça

Celyrio Adamastor é o novo desembargador do Tribunal de Justiça

24/05/16 - 10h57
Caio Loureiro

O Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas promoveu o juiz Celyrio Adamastor Tenorio Accioly para o cargo de desembargador da Corte, pelo critério de antiguidade, nesta terça-feira (24). O magistrado atuava até o momento no 3º Juizado Especial Cível e Criminal (3º JECC) de Maceió, associado ao Juizado do Torcedor.

Adamastor assume a vaga deixada pelo desembargador James Magalhães de Medeiros, que faleceu no último dia 30 de abril, aos 68 anos.

Currículo

Formado em Direito pelo Cesmac em 1981 e especializado em direito privado, Celyrio Adasmastor ingressou na magistratura em 16 de junho de 1986, como juiz de direito na Comarca de Maragogi (na época, 1ª Entrância).

Foi promovido por antiguidade para a Comarca de Penedo (na época, 2ª Entrância), em 1990. Em 1995, foi promovido por antiguidade para a Capital, passando a atuar no Juizado de Pequenas Causas (hoje extinto). Na mesma época, foi juiz auxiliar no Juizado do Consumidor. Ainda em 1995, foi titularizado no 3º juizado Especial Cível e Criminal da Capital, onde permanecia até agora.

Em 2009, foi convocado para atuar no 2º grau de jurisdição, por 9 meses, e fez parte da primeira composição da 3ª Câmara Cível. Entre 2011 e 2012, atuou novamente no TJ, dessa vez na Câmara Criminal. Foi juiz auxiliar da Presidência por 4 meses, até quando assumiu como desembargador do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em abril de 2015.

Atualmente integra o Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário, como coordenador. O Grupo tem como supervisor o desembargador Otávio Leão Praxedes.

Ao assumir como desembargador do TJ, Celyrio deixa os cargos no 3º JECC e no Tribunal Regional 

Pessoal

Celyrio Adamastor nasceu no Município de Rio Largo, em 28 de setembro de 1953. É filho de Celyrio Adasmator Barretto Accioly e Ilza Tenório Accioly. É casado com Eurides Pereira Accilly e pai de 3 filhos, Jovilza Mônica, Sérgio Ricardo e Ilza Marcelly.