Alagoas

Central de Atendimento à Mulher já registrou mais de 3 mil denúncias em Alagoas

João Arthur Sampaio | 21/06/24 - 15h24
Freepik

A Central de Atendimento à Mulher já registrou mais de 3,3 mil denúncias apenas de Alagoas, no período de fevereiro até maio. Os dados são do Governo Federal, divulgados nesta sexta-feira (21).

É por meio do telefone 180 que as pessoas podem denunciar casos de violência contra a mulher, além de outras situações do tipo. Também é por meio deste canal que são passadas informações sobre leis e direitos das mulheres, endereços das Delegacias de Atendimento à Mulher e das Casas de Acolhimento, como a Casa da Mulher Brasileira.

Denúncias ou informações também podem ser feitas por meio do WhatsApp (61) 9610-0180.

O QUE FAZER EM CASO DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA?

Se você está sofrendo violência doméstica, seja ela física ou psicológica, ou conhece alguém que esteja passando por isso, você pode pedir ajuda.

A Central de Atendimento à Mulher funciona em todo o país e no exterior, 24h por dia. A ligação é gratuita. O serviço recebe denúncias, dá orientação de especialistas e faz encaminhamento para serviços de proteção e auxílio psicológico. 

A denúncia pode ser feita ainda às autoridades locais pelo 190 e nas Delegacias Distritais de sua cidade.

Já as Delegacias da Mulher podem ser procuradas em Maceió e em Arapiraca. Veja os contatos:

Delegacias da Mulher – Maceió

Mangabeiras:

Fone: (82) 98882- 9799

E-mail: deddm1@pc.al.gov.br

Funciona 24 horas 

Salvador Lyra

Fone: 3315-4327

E-mail: deddm2@pc.al.gov.br

Funcionamento: 08:00 às 18:00 horas

Delegacia da Mulher – Arapiraca

Fone: 3521-6318

End: Rodovia AL 110, s/n, Bairro Jardim Tropical

E-mail: deddma@pc.al.gov.br

Sala Lilás Terminal Rodoviário de Maceió – Feitosa/ Maceió

Funcionamento: de segunda à sexta-feira,  das 8h às 18h

Atendimento por Whatsapp/ 24 horas:  9 8833 4250.