Alagoas

Chegada do inverno: excesso de umidade em instalações elétricas traz riscos à população

Ascom Equatorial | 25/06/24 - 09h25
Pexels

Com a chegada do inverno, é comum a umidade afetar a estrutura de algumas residências, indústrias ou comércio. Entretanto, a atenção deve ser redobrada pois essa ação também pode causar sérios danos às instalações elétricas. Goteiras no bocal das luminárias, curtos-circuitos e mau contato na rede elétrica são alguns dos problemas que podem ser resultado da falta de controle sobre a incidência da umidade.

O executivo de segurança da Equatorial Alagoas, João Porfírio, explica que as infiltrações geralmente começam gradualmente e, com o decorrer do tempo, acabam afetando as estruturas e as fiações elétricas presentes no ambiente.

“A umidade leva algum tempo para se manifestar e quando observamos algum sintoma de umidade no teto, é possível que já tenha se impregnado nas paredes encharcando os materiais com os quais os domicílios ou empreendimentos são construídos, incluindo toda parte das instalações elétricas. Quando isso acontece, os problemas de infiltração e umidade podem ser muito relevantes porque a água é um condutor de eletricidade, agravando ainda mais os danos causados pela umidade”, pontuou o executivo. 

Porfírio também orienta os alagoanos que ao se deparar com algum vazamento perto de conexões elétricas ou, se a água estiver saindo por tomadas ou interruptores jamais se deve tentar ligar ou desligar. O primeiro passo, é isolar a área problemática e em seguida deve-se chamar um profissional capacitado e de confiança para solucionar o problema.

“Os curtos circuitos são mais comuns do que pensamos principalmente nessa época do ano. Uma instalação elétrica mal dimensionada, a má escolha de materiais e a contratação de pessoas que não são capacitadas, são algumas escolhas que podem trazer consequências. Vale destacar que nunca se deve tentar resolver o problema. É fundamental contratar um eletricista capacitado para evitar acidentes que muitas vezes pode ser grave ou até mesmo fatal”, ressalta o especialista.

Uma vez que eletricidade e água não devem se misturar, confira a seguir algumas considerações importantes para fazer a sua instalação elétrica ficar protegida contra possíveis contatos com água e umidade:

- Conectores: Conectores de qualidade evitam que equipamentos falhem devido a corrosão ou algum tipo de infiltração. Os conectores disponíveis no mercado servem especificamente para proteger instalações elétricas contra os efeitos diretos e indiretos da água.

- Revisão dos cabos: É fundamental quetodos os cabos de instalações elétricas sejam revisados regularmente com atenção a dois pontos que devem ser levados em conta: possíveis variações de temperaturas e a vedação desses cabos, que precisam ser feitas com fitas e materiais de qualidade e estarem em perfeito estado. Emendas malfeitas e improvisadas são altamente perigosas e ter penetração de partículas líquidas, causa estrago nos equipamentos e estruturas elétricas.