Alagoas

Comando de Aviação do Estado alerta para uso de lasers contra aeronaves; entenda

João Arthur Sampaio* | 18/06/24 - 13h43
Reprodução

O uso indevido de lasers contra aeronaves tem acontecido com mais frequência em Alagoas, segundo informações do Comando de Aviação do Estado. A prática traz riscos às operações aéreas, podendo causar acidentes graves, além de ser tipificado como crime no Artigo 271 do Código Penal Brasileiro. A pena prevista é de 2 a 5 anos de prisão.

No último domingo (16), um caso foi registrado no bairro do Benedito Bentes, parte alta de Maceió. A situação foi flagrada por um vídeo, que mostra a movimentação de pessoas na região, enquanto as luzes são utilizadas. Confira abaixo:

“O Comando [de Aviação], juntamente à Secretaria de Segurança Pública, está iniciando um processo de conscientização, já que é um risco em potencial muito crítico. E não acontece apenas com aeronaves da SSP, mas também com a aviação comercial e civil. O voo noturno requer mais atenção e o laser pode distrair e até mesmo ofuscar a visão”, explicou o piloto do Comando, Felipe Dória, em entrevista à TV Pajuçara.

E não é algo exclusivo de Alagoas. Em abril deste ano, uma situação do tipo foi registrada em Pernambuco, estado vizinho. Na ocasião, o suspeito foi localizado por policiais que estavam no solo e detido. A ação também foi filmada. Veja a seguir:

“Muitas vezes são crianças que pegam os objetos dos pais e não têm essa noção do perigo. Mas às vezes são adultos”, explicou Felipe. O piloto ressaltou que o suspeito pode responder criminalmente por isso, uma vez que está expondo a aeronave a perigo ou praticando qualquer ato que impeça ou dificulte a navegação aérea.

*Com TV Pajuçara