Polícia

Comerciante suspeito de abusar de adolescentes em União dos Palmares é preso em São Paulo

Eberth Lins | 19/10/21 - 09h04 - Atualizado em 19/10/21 - 11h30
Francisco Sarmento de Oliveira é comerciante de União dos Palmares e estava foragido suspeito de estuprar meninas entre 11 e 14 anos | Foto: Divulgação / Polícia Civil

O comerciante Francisco Sarmento de Oliveira, de 54 anos, foi preso em Campinas, em São Paulo, na tarde dessa segunda-feira (18). Chico da Banana, como ele é conhecido, é suspeito de abusar sexualmente de três meninas, entre 11 e 14 anos, no município de União dos Palmares e estava foragido desde agosto, quando teve a prisão preventiva decretada pela Polícia Civil de Alagoas (PC/AL).

O paradeiro do comerciante foi levantado pelo Serviço de Inteligência da PC. Ele, possivelmente, viajou a São Paulo de ônibus logo após ter sido ouvido pela policia, que à época tentou localizá-lo nos endereços fornecidos, sem sucesso.

"Em um trabalho conjunto com a Polícia Civil de São Paulo, conseguimos efetuar a prisão na tarde de ontem. Ele já passou por audiência de custódia, sendo a prisão mantida e está no presídio de Sorocaba, mas futuramente será recambiado ao Sistema Prisional de Alagoas para o cumprimento da devida prisão cautelar", informou o delegado Edberg Sobral, responsável pelas investigações.

Chico da Banana foi denunciado à polícia pelo Conselho Tutelar de União dos Palmares, que recebeu a denúncia de que uma criança de 11 anos e duas adolescentes, sendo uma de 12 e outra de 14 anos, foram vítimas de abusos sexuais no município. Quando questionado pela polícia sobre levar as meninas ao motel, o comerciante disse que tinha levado as menores ao local "para comer uma pizza".

A menina de 12 anos, segundo informou o Conselho ao TNH1, seria explorada pelos próprios pais, consentindo as relações sexuais em troca de doações de alimentos e benefícios financeiros. Os crimes aconteciam dentro de um motel e o suposto estuprador das menores pagava uma quantia em dinheiro para as vítimas, porém o valor não foi divulgado.