Educação

Contra bullying, Câmara autoriza contratação de psicólogos em escolas municipais

Ascom Câmara | 19/09/19 - 17h52 - Atualizado em 19/09/19 - 18h06

Identificar e tratar crianças e adolescentes vítimas de “bullying” ou em casos ainda mais graves que passem por problemas como depressão e tendência ao suicídio, por exemplo. Esse é o objetivo do projeto de lei do vereador Siderlane Mendonça (PEN) aprovado, em primeira discussão, em sessão ordinária desta quinta-feira (19), na Câmara Municipal de Maceió, que autoriza as escolas da rede municipal e da iniciativa privada a contratar psicólogos para realizarem o trabalho com os menores.

O PL do parlamentar ainda precisa de uma segunda votação para se tornar lei, o que deve acontecer já na próxima semana. Nesta sexta-feira (20),  inclusive, Siderlane Mendonça realiza audiência pública, a partir das 9h, com o tema “Quebrando o Silêncio”, para discutir a prevenção do suicídio. Na mesma audiência, haverá entrega da Comenda Artur Ramos a Márcia Raquel Cedrin Vieira pelo destaque nos serviços prestados em prol da saúde de Maceió.

Em março deste ano, um aluno e outro homem invadiram uma escola na cidade de Suzano, em São Paulo, e mataram sete pessoas, cometendo suicídio em seguida. A tragédia foi um dos motivos para o PL de Siderlane Mendonça, que reconhece que a medida encontrará resistência das escolas.

“O PL não tem o objetivo ou poder de obrigar ninguém a nada, apenas autoriza que a contratação de psicólogos seja feita para que as crianças e adolescentes, juntamente com os pais e as escolas, identifiquem problemas como ‘bullying’ e outros problemas graves, que hoje levam muitos jovens a tirarem a própria vida. Por isso, mesmo que haja resistência por conta da questão financeira, entendo que é um embrião e que daqui a alguns anos não será mais necessário lei para o assunto porque, espero, será natural a presença de um profissional psicólogo nas unidades de ensino”, declarou Siderlane Mendonça.

ORDEM DO DIA– Na Ordem do Dia desta quinta-feira, os parlamentares também aprovaram iniciativa da vereadora Silvania Barbosa (PRTB) que dispõe sobre a instalação de placas indicando a existência de câmeras de monitoramento nas vias públicas de Maceió. Além dela, PL do vereador Ronaldo Luz (MDB) dispõe sobre a implantação na capital de bueiros inteligentes, assim como iniciativa de Lobão (PR) que concede ao presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, Tutmés Airan, o Título de Cidadão Honorário de Maceió. Já Galba Novaes (MDB), teve PL aprovado para alteração da Lei nº 6.555, que dispõe sobre o tratamento tributário relativo ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automores.