Mundo

Coronavírus: Trump está preocupado após contato com secretário brasileiro, diz TV

UOL | 13/03/20 - 11h27
Fabio Wajngarten ao lado do presidente dos EUA, Donald Trump | Reprodução

Uma fonte próxima do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que ele está preocupado após ter tido contato com pessoas infectadas com o coronavírus, incluindo o secretário de Comunicação da Presidência da República do Brasil, Fábio Wajngarten. As informações são da rede de TV norte-americana CNN.

"Ele está muito preocupado com todas as pessoas com quem esteve, incluindo o brasileiro", disse a fonte. Wajngarten era um dos integrantes da comitiva que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em visita a Trump e postou uma foto ao lado do republicano e do vice, Mike Pence.

Publicamente, no entanto, Trump, que tem 73 anos, não admite o receio e se recusa a fazer o teste. Ontem, ele disse que não estava preocupado com o fato de Bolsonaro estar sendo monitorado após a reunião.

A saúde de Bolsonaro e dos demais integrantes da comitiva estão sendo monitoradas — o presidente, 64 anos, realizou um teste, cujos resultados devem ser divulgados hoje.

Bolsonaro testa positivo para o vírus, diz jornal

O Jornal O Dia divulgou, na manhã desta sexta-feira, 13, que o presidente da República Jair Bolsonaro testou positivo para o Coronavírus, após o primeiro exame realizado nesta semana. Bolsonaro agora espera o resultado da contra-prova, que será divulgado hoje, para confirmar ou não a contaminação. De acordo com o colunista Leandro Mazzini, as informações foram de fontes diretas do Planalto.

O colunista destacou que o semblante pálido e abatido – com olhos um pouco marejados – no pronunciamento em rede nacional de TV nesta quinta-feira (12) à noite – logo após ele fazer uma live na página do Facebook com máscara – foi o prenúncio da provável infecção.