Brasil

Corpo encontrado no Arpoador, no RJ, é de músico namorado da atriz Carla Daniel

O Globo | 11/08/21 - 14h53 - Atualizado em 11/08/21 - 16h06
Arquivo Pessoal

O corpo do homem encontrado, por policiais militares do 23º BPM (Leblon), no Parque Garota de Ipanema, no Arpoador, na Zona Sul do Rio, foi identificado por peritos legistas do Instituto Médico-Legal (IML) como sendo de Sérgio José Coutinho Stamile, de 41 anos. O publicitário, empresário e músico, conhecido como Pirata do Arpoador, frequentava o local diariamente para meditar e apresentava lesões como se tivesse sido arrastado e jogado ou caído de uma pedra com altura aproximada de três metros. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da capital.

De acordo com o dentista Carlos Henrique Jonker, Sérgio teria sido deixado pela namorada, a atriz, cantora e produtora Carla Daniel em sua casa, na Rua Raul Pompeia, em Copacabana, por volta de 22h30m da última segunda-feira. Ele não chegou a entrar no apartamento e teria ido direto para o Arpoador. Agentes do Grupo de Local de Crime (Gelc) da especializada estiveram no local na manhã de terça-feira. A região é um ponto de consumo de drogas e de prostituição.

“Sem palavras pelo que me ensinou, meu irmão. Desde sempre te conheci. Crescemos juntos, aprendemos a surfar e a tocar juntos. Mas tenho certeza que um dia nos reencontraremos. Te amo sempre”, escreveu o dentista em seu perfil no Instagram. Os dois participavam de uma banda fundada por Sérgio e chamada de “Os Arpoadores”, na qual o publicitário tocava baixo e contrabaixo.

Atualmente, Sérgio também participava de um projeto com o músico Sérgio Grana, no Megaphone Studio, na Barra da Tijuca, que o conhecia há 15 anos. — Ensaiamos umas três vezes. Sérgio é uma pessoa querida que vai deixar saudades. Ele amava o Arpoador, o contato com a natureza, o surfe, o esporte, a música — disse o parceiro de projeto.

Também no Instagram, Carla Daniel escreveu: “Meu grande amor me deixou hoje. Estou com o coração partido. Queria tanto tempo juntos, mas agradeço todos os momentos que tivemos. O bem que você me fez, sua generosidade, sabedoria. Encontro de almas literalmente. Te amo para sempre, meu grande amor e todo seu enorme coração que você me permitiu senti-lo totalmente ficará sempre na minha alma”.

A publicação recebeu quase 400 comentários, muitos deles de artistas, como Zezé Mota, prestando solidariedade. Sobrinha de Sérgio, Valentina Seabra publicou fotos da família e o agradeceu pela “sabedoria, amor, resiliência, carinho, cuidado”.

“Recebo talvez a notícia mais triste depois da perda do meu pai: a partida do meu tio, quase irmão amado, parceiro de som, padrinho, uma das pessoas mais generosas, amadas e, sem dúvida, mais engraçadas e talentosas que já conheci”, escreveu.