Futebol

Coruripe vence CRB por 1x0, mas Galo vai à decisão do Alagoano

Com a vitória por 2x0 no jogo de ida, Galo poderia perder por um gol de diferença e é o primeiro finalista do torneio

24/04/16 - 17h55 - Atualizado em 24/04/16 - 22h04
Ascom CRB

Protagonistas das duas últimas decisões do Campeonato Alagoano, Coruripe e CRB duelaram neste domingo, 24, às 16h, no Estádio Gérson Amaral, por um lugar na finalíssima do torneio. O alviverde venceu por 1x0, gol do atacante Ivan, mas foi o Regatas quem se garantiu na decisão do torneio. A Rádio Pajuçara FM 103,7 Maceió e o portal TNH1 transmitiram o duelo.

Por ter vencido o primeiro jogo por 2x0, em Maceió, o Galo podia até perder pela diferença de um gol, que avançava para a próxima fase, e foi o que aconteceu. Com a vantagem de jogar por dois resultados iguais, a missão do Hulk era derrotar o alvirrubro por dois gols de diferença para ficar com a classificação.

O alviverde praiano não contou com o goleiro Gott, que sofreu uma fratura no osso da face, e com o lateral-esquerdo Igor, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Para os seus lugares, o técnico Jaelson Marcelino optou por Ferreira e Sadrak. O Verdão teve a volta do zagueiro Thiago Papel na equipe titular.

Já o Regatas perdeu o zagueiro Audálio e volante Olívio para o confronto na cidade praiana. Ambos cumpriram suspensão automática. Assim, Diego Jussani e Matheus Galdezani substituíram os atletas. Por opção técnica, o treinador regatiano Mazola Júnior escalou o atacante Luidy no lugar do meia Dakson, que viria a entrar no decorrer do duelo.

O jogo

Primeiro tempo

Mesmo com a vantagem no jogo de volta, o CRB começou a partida dominando as ações e pressionando a equipe da casa. Aos 3", o artilheiro Lúcio Maranhão recebeu dentro da área, mas finalizou em cima da zaga alviverde. Aos 10", foi a vez do Hulk chegar com o seu camisa 9, em uma jogada em que o lateral-direito Renato levantou a bola na grande área e Júnior Chicão cabeceou no canto direito de Juliano, mas a bola saiu pela linha de fundo. Logo depois, Sadrak cruzou pela esquerda, e o baixinho Ivan, sozinho, mandou de cabeça para fora.

Com o passar do tempo, o Galo diminuiu o ritmo dos primeiros minutos e o Verdão Praiano se mandou para o ataque. A chuva começou a cair no Estádio Gérson Amaral e esquentou mais a rivalidade em campo. Aos 22", Renato tabelou com João Paulo e finalizou para fora. Em seguida, Matheus Galdezani invadiu a área e chutou forte, a bola espirrou na defesa e ficou fácil para o goleiro Ferreira. Aos 25", o volante Somália experimentou de longe e levou perigo ao gol do Coruripe. O CRB voltou a incomodar o alviverde na metade da primeira etapa.

Aos 28", Marcos Aurélio cobrou falta com categoria e a bola foi no canto esquerdo do arqueiro alviverde, mas caprichosamente saiu pela linha de fundo. O jogo ficou morno na parte final do primeiro tempo. O Galo trocava passes no meio-campo, administrando a vantagem conseguida na partida de ida. O Hulk tentava criar algo através dos lançamentos para a área, mas sem sucesso. Assim, o árbitro Francisco Carlos do Nascimento encerrou a parte inicial do futebol.

Segundo tempo

A segunda etapa começou a todo vapor. Logo aos 2", o atacante Ivan recebeu na direita da grande área e chutou para o gol, a bola passou por baixo do goleiro Juliano, e Somália tentou afastar para longe, mas segundo o árbitro do jogo, a bola ultrapassou a linha. Mesmo com as reclamações dos jogadores do CRB, Francisco Carlos do Nascimento assinalou gol do Coruripe. Apesar do resultado, o Regatas ainda estava ficando com a vaga na decisão.

O Verdão, que precisava de mais um gol, começou a pressionar o alvirrubro e o goleiro Juliano vinha tendo muito trabalho com as bolas levantadas na área. Aos 19", Candinho experimentou de fora da área e levou perigo a meta regatiana. O Hulk impôs o seu jogo dentro de casa, enquanto o Galo buscava jogadas de contra-ataques para empatar o placar. A chuva não parava em Coruripe e o duelo ia ganhando mais emoção. Aos 37", Dakson cobrou falta com veneno, mas a bola se perdeu por cima da meta alviverde.

Nos últimos momentos, o Hulk seguiu pressionando o time da capital. Aos 40", o atacante Candinho cobrou falta com força e obrigou o goleiro Juliano a fazer uma grande defesa, salvando o CRB. Logo em seguida, Willames José fez falta dura em Dakson e se livrou de ser expulso pelo árbitro. Após os três minutos de acréscimos, Francisco Carlos do Nascimento ergueu o braço no centro do gramado e acabou com a primeira partida das semifinais. O CRB é o primeiro finalista do Campeonato Alagoano 2016

Veja o gol:

Ficha técnica

Campeonato Alagoano 2016 – Semifinais – Jogo de Volta

Jogo: Coruripe 1 x 0 CRB (0x2)

Gols: Coruripe (11-Ivan aos 2" do 2T)

Local: Estádio Gérson Amaral, em Coruripe/AL

Data: 24/04 (domingo)

Hora: 16h

Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (MAST/CBF)

Assistente 1: Maxwell Rocha da Silva (CBF/AL)

Assistente 2: Wágner José da Silva (CBF/AL)

4º árbitro: José Ailton da Silva (FAF)

5º árbitro: Brígida Cirilo Ferreira (CBF/AL)

Coruripe

1-Ferreira

2-Renato (18-Roger aos 40" do 2T)

3-Thiago Papel

4-Willames José

6-Sadrak (19-Candinho aos 18" do 2T)

5-Mazinho

7-Jair

8-João Paulo

10-Tiago Lima

11-Ivan

9-Júnior Chicão

Técnico: Jaelson Marcelino

Banco Coruripe: 23-Roque Alan, 13-Beto, 14-Fernando Belém, 15-Fabrício, 16-Samuel, 17-Robert, 18-Roger, 19-Candinho e 20-Thúlio.

CRB

1-Juliano

2-Bocão

3-Diego Jussani

4-Gabriel

6-Diego

5-Matheus Galdezani

8-Somália

7-Rivaldo

10-Marcos Aurélio (16-Dakson aos 20" do 2T)

11-Luidy

9-Lúcio Maranhão (20-Neto Baiano aos 30" do 2T)

Técnico: Mazola Júnior

Banco CRB: 12-Júlio César, 13-Rafinha, 14-Rodrigo, 15-André Vinícius, 16-Dakson, 17-Gleidson Souza, 18-Bruno Nascimento, 19-Luiz Fernando e 20-Neto Baiano.